Tamanho do texto

O técnico do Santos lamenta também não poder motivar mais o camisa 11 com um parceiro que se encaixe melhor ao seu jogo

O vice-presidente do Santos, Odilio Rodrigues, está na Espanha e, embora a diretoria negue, existem informações de que sua missão é negociar com o Barcelona a venda de Neymar. Mas nada disso chega à comissão técnica ou aos jogadores. É o que garante Muricy Ramalho.

Santos desafia viradas raras em finais do Paulista para levar o tetracampeonato

"Ninguém sabe realmente como está esse negócio do Neymar", comentou o técnico, que já não se declara tão contrário à saída do astro. "Estou ouvindo que ele vai sair depois da Copa de 2014, já ouvi o pai dele falar isso. Mas é difícil me meter nisso porque não sei o que é", prosseguiu.

Segundo o Estado de São Paulo , o atacante já avisou à diretoria que quer jogar no Barcelona a partir do segundo semestre e até abriria mão de sua parte na transação para o Peixe lucrar mais com sua negociação. A missão de Odilio na Espanha seria conseguir mais do que os R$ 65,5 milhões que o clube catalão estaria disposto a pagar.

Leia também: Santistas confiam em força da torcida para reverter vantagem na Vila

Muricy, contudo, só se preocupa com o futebol do jogador. "Não posso me meter nessas coisas. Tenho é que fazer o Neymar jogar e ter paciência. Às vezes ele perde a paciência, fica enlouquecido, começa a querer driblar todos, e peço para ele tocar mais a bola e driblar mais perto da área."

O técnico lamenta não poder motivar mais o camisa 11 com um parceiro que se encaixe melhor ao seu jogo. Nesta temporada, Miralles, André e Giva já foram testados ao lado do astro, e ninguém convenceu plenamente. "Não adianta reclamar. Precisamos melhorar o que temos", conformou-se.

"Estou sempre em dúvida sobre o parceiro do Neymar. Damos sempre oportunidade e escolhemos quem está só um pouquinho melhor, porque ninguém vai tão melhor. Mas não podemos desistir, são eles que vão jogar mesmo, não tem como fugir muito disso", continuou o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas