Tamanho do texto

Com gol de Arturo Vidal, a equipe venceu e faturou o Campeonato Italiano com três rodadas de antecedência

Arturo Vidal foi o autor do gol da partida diante do Palermo neste domingo
Claudio Villa/Getty Images
Arturo Vidal foi o autor do gol da partida diante do Palermo neste domingo

Com uma campanha impecável, a Juventus poderia garantir o título do Campeonato Italiano com uma simples vitória neste domingo, diante do Palermo. Empurrada pela torcida, que lotou as arquibancadas, a Vecchia Signoradominou a partida, mostrou sua superioridade e garantiu o triunfo, por 1 a 0, em Turim. De pênalti, o chileno Arturo Vidal foi o responsável pelo gol do título, já na etapa complementar.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Desta forma, com três rodadas de antecedência, a Juventus chega a seu 29º título nacional, confirmando a supremacia no futebol italiano. A Vecchia Signora é o único clube no país que tem duas estrelas sobre o seu símbolo – de acordo com o regulamento italiano, os times colocam uma estrela sobre o símbolo a cada dez scudettos conquistados.

Mas a festa em Turim foi feita em tom de desafio, porque logo após o apito final, surgiram os cartazes com o número 31, em referência ao suposto total de títulos da Juventus. Os campeonatos conquistados em 2005 e 2006 foram retirados por conta do escândalo de corrupção que abalou o futebol italiano e que implicou no rebaixamento da Juve à Série B.

Ao longo do primeiro tempo, a Juventus teve amplo domínio do jogo, mostrando sua superioridade diante de sua torcida, ansiosa pela conquista de mais um título nacional. Apesar da posse bola, a Vecchia Signorateve poucas chances claras de abrir o marcador, enquanto o Palermo se limitou a defender. Desta forma, as duas equipes não conseguiram movimentar o placar antes do intervalo.

Torcida da Juventus faz festa com mais um título italiano
Luca Bruno/AP
Torcida da Juventus faz festa com mais um título italiano

Perto da conquista do título, a equipe da casa chegou a levar um susto no início do segundo tempo, quando Miccoli carimbou a trave de Buffon e quase marcou o primeiro do Palermo. A Juventus, no entanto, continuou em busca do gol e conseguiu balançar as redes já no início da etapa complementar.

Aos 12 minutos, Vucinic foi lançado dentro da área, o zagueiro Donati fez a carga sobre o jogador e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Arturo Vidal cobrou no canto direito do goleiro Sorrentino, inaugurando o marcador no Juventus Stadium. Na comemoração, o chileno correu para as arquibancadas, ficando bem perto dos torcedores que faziam a festa no local.

A Juventus ainda teve um jogador expulso. Pogba levou o vermelho e deixou o campo no final do segundo tempo. Ainda assim, a festa foi preta e branca na cidade de Turim

Goleada em Roma

A rodada do Italiano ainda teve um domingo inspirado para o alemão Miroslav Klose. Ele abriu o placar para a Lazio contra o Bologna aos 22 minutos de jogo. Depois, o segundo gol do time azul saiu dos pés do brasileiro Hernanes, com um belo chute de longa distância. Então, Klose voltou a dominar. Ele marcou mais quatro gols para fechar a lavada da Lazio. 

Confira os resultados do Campeonato Italiano:

Udinese 3 x 1 Sampdoria
Parma 2 x 0 Atalanta
Lazio 6 x 0 Bologna
Juventus 1 x 0 Palermo
Genoa 4 x 1 Pescara
Catania 3 x 0 Siena
Milan 1 x Torino

*com Gazeta Esportiva