Tamanho do texto

Equipes vêm de triunfos no final de semana e estão próximos de obter o tricampeonato estadual

Internacional, de Leandro Damião, encara o Santa Cruz na segunda fase da Copa do Brasil
Edu Andrade / Fatopress/Gazeta Press
Internacional, de Leandro Damião, encara o Santa Cruz na segunda fase da Copa do Brasil

O duelo desta quarta-feira, no Estádio Arruda, em Recife, reunirá duas equipes que estão de bem com a vida em seus respectivos campeonatos estaduais. Santa Cruz e Internacional eliminaram Náutico e Veranópolis no último domingo e estão próximos de obter o tricampeonato em Pernambuco e no Rio Grande do Sul. Nesta quarta-feira, ambos abrem a segunda fase da Copa do Brasil, a partir das 21h50 (de Brasília).

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O técnico Marcelo Martelotte avisou que o Santa irá com força máxima tanto na decisão do estadual, contra o Sport, domingo, como nesta quarta-feira, diante do Inter. Mas isso não significa que a equipe não tenha desfalques. O meia Jefferson Maranhão teve ruptura parcial do ligamento colateral do joelho e está fora por ao menos 15 dias. Já o volante Luciano Sorriso, que sentiu dores na coxa na partida contra o Náutico, é dúvida.

O objetivo da equipe pernambucana é não sofrer gols no jogo de ida e, se possível, marcar ao menos um. Foi assim que o Santa eliminou o Náutico do Campeonato Pernambucano. "Assim como no estadual, não podemos tomar gol em casa. Precisamos de atenção e atuar como contra o Náutico. Enfrentamos muitas dificuldades, mas soubemos jogar com o regulamento", explica o zagueiro Renan Fonseca.

Pelo Internacional, o principal desfalque é o meia D’Alessandro, expulso na partida da fase inicial, contra o Rio Branco-AC. Otávio e Vítor Júnior disputam sua vaga no time para jogar ao lado de Fred. O argentino Dátolo, que vem tendo atuações abaixo do esperado, está perdendo espaço com o técnico Dunga.

A boa notícia para os colorados é o retorno de Leandro Damião. Inicialmente, o centroavante não poderia jogar por ter sofrido dois jogos de punição pela expulsão no Gre-Nal da última rodada do Campeonato Brasileiro de 2012. Mas o departamento jurídico do Inter conseguiu diminuir a pena para um jogo e liberá-lo para viajar a Recife.

Apesar das dificuldades de enfrentar o Santa Cruz em bom momento, no Arruda lotado e sem D’Alessandro, Damião admite que o objetivo colorado é garantir a classificação sem necessidade do jogo de volta, o que virá caso o Inter vença por dois ou mais gols de diferença: "se houver possibilidade, queremos eliminar logo o jogo de volta. Isso nos daria tempo para trabalhar um pouco mais".

Se o Inter eliminou o Rio Branco-AC com uma vitória por 2 a 0 no Acre, o Santa tirou o Guarani de Juazeiro-CE na primeira fase, ganhando por 2 a 1 fora e 2 a 0 em Recife. Na próxima fase, o vencedor deste duelo pega Avaí ou América-MG.

FICHA TÉCNICA  -  SANTA CRUZ X INTERNACIONAL
Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE) 
Data: 1º de maio de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília) 
Árbitro: Arílson Bispo da Anunciação (BA) 
Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Márcio Lopes Leal

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Everton Sena, William Alves, Renan Fonseca e Tiago Costa; Luciano Sorriso, Anderson Pedra, Raul e Renatinho; Dênis Marques e Flávio Caça-Rato.
Técnico: Marcelo Martelotte

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Ygor, Willians, Fred e Vítor Júnior (Otávio); Forlán e Leandro Damião.
Técnico: Dunga

*Com Gazeta