Tamanho do texto

A vontade do paraguaio em receber R$ 450 mil por mês impediu a contratação até o momento, mas o Botafogo ainda tenta fazer com que o atleta aceite uma redução salarial

Roque Santa Cruz é jogador do Málaga
Alex Grimm/Getty Images
Roque Santa Cruz é jogador do Málaga

A alta pedida salarial inicial atrapalhou a negociação, mas o interesse entre Botafogo e Roque Santa Cruz é mútuo. Nesta quarta-feira, o atacante do Málaga se disse lisonjeado pela vontade do clube carioca em contar com seu futebol e manteve as portas abertas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O interesse do Botafogo existe e já fui informado. Meus representantes estão avaliando a possibilidade. É um clube muito grande, fico lisonjeado pelo interesse. É sempre importante ser desejado por clubes desse nível", declarou o jogador em entrevista à rádio paraguaia La Nueva RGS .

A vontade do paraguaio em receber R$ 450 mil por mês impediu a contratação até o momento, mas o Alvinegro ainda tenta fazer com que o atleta aceite uma redução salarial. Um dos fatores que pode seduzir o jogador é o nível do Campeonato Brasileiro, exaltado por ele.

Leia mais: Mesmo com vitória, Oswaldo critica a postura agressiva do Botafogo

"O Campeonato Brasileiro é uma das ligas mais competitivas do mundo, o atrativo técnico é alto, tanto quanto o europeu. Jogar no Brasil representaria algo muito importante para mim", comentou.

Após um período difícil no Manchester City, onde marcou apenas um gol em 24 jogos, o atacante foi emprestado para Blackburn, Real Betis e Málaga, onde está atualmente. O paraguaio marcou dez gols na temporada, mas ainda não sabe se segue na Espanha.

"Estamos chegando ao final da temporada e ainda não renovei com o Málaga, com quem ainda estou conversando. Não devo renovar com o Manchester City e devo ficar sem contrato em junho", relatou.