Tamanho do texto

"Tivemos uma postura ofensiva de diminuir espaços. Estávamos melhores no jogo e quando tomamos o gol, não nos desestruturamos", disse o técnico

Na noite desta quarta-feira, o Avaí reverteu a vantagem do Volta Redonda, que havia vencido o jogo de ida por 1 a 0 e superou os cariocas por 4 a 1, jogando na Ressacada, garantindo a vaga na próxima fase da Copa do Brasil. O técnico do time, Ricardinho, acredita que o equilíbrio foi a chave para o sucesso do time.

"Tivemos uma postura ofensiva de diminuir espaços. Estávamos melhores no jogo e quando tomamos o gol, não nos desestruturamos. Tivemos consistência e poderíamos ter feito o terceiro ainda no primeiro tempo. Nossa maior virtude foi o equilíbrio durante os 90 minutos", declarou, satisfeito.

A zaga, formada por Alef e Pablo, que foi questionada por alguns torcedores, não desagradou Ricardinho, que apontou melhora no setor defensivo nos últimos jogos.

"Quando você busca muito o resultado, acaba dando espaços. Nas circunstâncias do jogo, nós melhoramos na defesa. São dois jovens e temos que levar isso em consideração. Eles evoluíram muito no Catarinense, e ainda têm muito mais a evoluir. Mas estou contente com o trabalho deles", concluiu.