Tamanho do texto

"É provável que eu leve um e não leve o outro", disse o técnico do Brasil sobre a convocação para a Copa das Confederações

Ronaldinho Gaúcho vem sendo convocado constantemente por Felipão
AP
Ronaldinho Gaúcho vem sendo convocado constantemente por Felipão

Contratado para substituir o treinador Mano Menezes no comando da seleção brasileira em novembro do último ano, Luiz Felipe Scolari ainda realiza alguns testes em suas convocações do time nacional. No entanto, uma coisa já é quase certa: Ronaldinho e Kaká não jogarão juntos. Em entrevista publicada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, o técnico destacou que apenas um dos dois atletas deve constar na lista da Copa das Confederações deste ano.

Ronaldinho e Kaká podem jogar juntos na seleção? Opine!

"Não, 90% de chance que não (joguem juntos). Dei chances aos dois, vou dar mais uma ao Ronaldinho agora. Minha ideia é que não joguem juntos, não. Não tive como testar os dois juntos nos amistosos por causa dos momentos diferentes que viviam. É provável que eu leve um e não leve o outro", explicou.

Leia mais: Após confusão da Conmebol, CBF reconvoca Henrique e mantém Moledo

Presentes no grupo que conquistou o pentacampeonato mundial sob comando de Scolari, Ronaldinho e Kaká já não tem o mesmo prestígio com o treinador. Um dos protagonistas da equipe verde-amarela na Coreia do Sul e no Japão, Ronaldinho disputou três partidas pela Seleção desde o retorno do treinador, sendo titular contra Bósnia-Herzegovina, Inglaterra e Bolívia. O jogador do Atlético-MG não marcou nenhum gol nesses jogos e ainda desperdiçou um pênalti na derrota por 2 a 1 diante dos ingleses, mas teve boa atuação contra o rival sul-americano. Além disso, está convocado para amistoso contra o Chile.

Kaká fez a sua primeira partida como titular no retorno de Felipão ao Brasil
Vipcomm
Kaká fez a sua primeira partida como titular no retorno de Felipão ao Brasil

Kaká, por sua vez, exerceu papel secundário no elenco que triunfou na Copa do Mundo de 2002 e também não tem sido protagonista no retorno de Felipão. Titular no final da passagem de Mano Menezes pelo Brasil, o atleta do Real Madrid acabou preterido nas primeiras convocações. Na sequência, ganhou chance no empate contra a Itália, entrando na vaga de Oscar aos 17 minutos do segundo tempo, e foi titular contra Rússia, deixando o gramado aos 33 minutos da etapa complementar para entrada de Diego Costa.

Veja mais notícias sobre a seleção brasileira

Além da disputa entre Ronaldinho e Kaká, outro embate acirrado na Seleção Brasileira ocorre entre os volantes. Paulinho e Ramires formaram dupla inicial, mas Fernando, Jean, Ralf e Hernanes receberam oportunidades e agradaram o treinador. Atuando com laterais de estilo ofensivo como Daniel Alves e Marcelo, Scolari deixou claro que pretende escalar um meio-campista de característica defensiva em sua equipe.

"O time ganhou em 1994 e quem eram os volantes? Mauro Silva e Dunga? 2002? Gilberto Silva e Kleberson. Essa história de volante goleador é muito bonito para a imprensa. É bonito, só não é bonito para o técnico e o time. Quando tu tens laterais como os nossos, Daniel Alves e Marcelo, tem que ter proteção", encerrou.

A Copa das Confederações de 2013 será disputada entre 15 e 30 de junho, em seis cidades nacionais: Belo Horizonte, Brasília, Recife, Rio de Janeiro, Fortaleza e Salvador. O Brasil está classificado no Grupo A, onde mede forças com Itália, Japão e México. Na outra chave, Espanha, Uruguai, Nigéria e Taiti lutam por uma vaga nas semifinais.