Tamanho do texto

Liminar bloqueou a transferência do zagueiro Dedé para o Cruzeiro por conta dos cerca de R$ 50 milhões em dívidas do clube carioca com a Fazenda

A diretoria do Vasco segue esperando a notificação da liminar que bloqueou a transferência do zagueiro Dedé para o Cruzeiro na última sexta-feira por conta dos cerca de R$ 50 milhões em dívidas com a Fazenda. O departamento jurídico já adiantou que só firmará sua posição quando tomar conhecimento oficial sobre o embargo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Os advogados vascaínos vem mantendo contatos com seus colegas do Cruzeiro para que se encontre uma fórmula para cassar a liminar que impediu a transferência de Dedé para o clube mineiro. De acordo com o Vasco, os cerca de R$ 13 milhões que recebeu do clube mineiro pela cessão do zagueiro já foram integralmente utilizados para pagamento de salários, FGTS e direitos de imagem de jogadores e funcionários.

Leia mais: Lista de dispensas e amistosos estão entre prioridades do Vasco

O zagueiro Dedé, que já treinou no Cruzeiro, depois de ser apresentado em um supermercado, está com a seleção brasileira, que joga nesta quarta-feira, no Mineirão, contra o Chile. Ele ainda não pode jogar com a camisa do Cruzeiro.