Tamanho do texto

Coronel Pimenta foi confirmado pelos dirigentes e fará sua estreia oficial como treinador rubro-verde nesta terça-feira, pela Copa do Brasil contra o Naviraiense

No mesmo dia em que acertou a demissão de Péricles Chamusca, a diretoria da Portuguesa já definiu quem irá comandar a equipe na reta final da Série A2 do Campeonato Paulista. Auxiliar fixo da Lusa, Coronel Pimenta foi confirmado pelos dirigentes e fará sua estreia oficial como treinador rubro-verde nesta terça-feira, às 21h50 (de Brasília), pela Copa do Brasil contra o Naviraiense.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A partida, no entanto, não será a primeira de Édson Pimenta à beira do gramado. No jogo de ida contra, disputado no Mato Grosso do Sul, o então técnico Chamusca optou por preservar os titulares e sequer viajou com o grupo formado por reservas. Ainda como interino, o novo comandante voltou para São Paulo com um empate por 0 a 0.

Pronto para assumir a responsabilidade, Pimenta lembra que antes da goleada por 7 a 0 para o Comercial a única preocupação da Lusa era com a equipe de Naviraí. Após o vexame em Ribeirão Preto, porém, a pressão da torcida e o estado emocional dos jogadores passaram a ser problemas para o treinador, que aposta na história do time do Canindé para avançar à próxima fase.

Leia mais: Após goleada, Portuguesa anuncia demissão de Péricles Chamusca

"Este jogo tem um revestimento diferente, passa a ser atípico. Claro que a Portuguesa tem mais história, joga em casa e é mais tradicional, mas os antecedentes da partida trazem uma dificuldade maior. A princípio era só o adversário nosso obstáculo. Agora temos o aspecto psicológico, moral e vamos jogar, acima de tudo, pela nossa honra", ressaltou Pimenta em entrevista ao site oficial da Portuguesa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.