Tamanho do texto

Macena foi o destaque da partida, com três gols, enquanto Leandro Oliveira balançou as redes duas vezes

Depois de duas vitórias neste quadrangular semifinal da Série A2 do Campeonato Paulista, a Portuguesa foi humilhada na noite deste sábado, pois sofreu a goleada por 7 a 0 do Comercial, no estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto.

Sem ser ameaçado pela equipe do técnico Péricles Chamusca, o time do interior abriu quatro gols de vantagem no primeiro tempo e completou na etapa final. Macena foi o destaque da partida, com três gols, enquanto Leandro Oliveira balançou as redes duas vezes. Acleisson e Paulo Ricardo marcaram um cada.

Comercial fez 7 a 0 na Portuguesa, em Ribeirão Preto
Fernando Calzzani/Photopress/Gazeta Press
Comercial fez 7 a 0 na Portuguesa, em Ribeirão Preto

O jogo
O time anfitrião abriu o placar logo aos 14 minutos de partida, quando Acleisson arriscou a batida de longe e acertou o canto da meta defendida por Gledson, que nada pôde fazer para evitar o belo gol dos donos da casa.Apenas seis minutos depois, Samuel fez jogada pela direita e cruzou para Macena, que cabeceou para balançar as redes. Sem que a Portuguesa pudesse esboçar reação, o clube de Ribeirão Preto marcou mais um.

Aos 32, Macena recebeu lançamento pela direita e chutou forte, rasteiro, contando com falha do goleiro para ampliar. Ainda no primeiro tempo, aos 40, Leandro Oliveira chutou de fora da área e até escorregou, mas conseguiu acertar o canto direito do goleiro, que não alcançou.

Com o placar elástico, a torcida do Botafogo presente no estádio Palma Travassos até gritou “olé” ainda no primeiro tempo, enquanto o time da casa tocava a bola sem ser ameaçado pela Lusa.

O segundo tempo não foi diferente. Aos seis da etapa final, Leandro Oliveira emendou um voleio para marcar um golaço na partida. Pouco depois, Macena bateu da esquerda para marcar mais um gol.

No momento em que a Portuguesa pressionava para tentar fazer o gol de honra, o Comercial aproveitou o contra-ataque para assinalar o sétimo. Viola recebeu lançamento em profundidade, deu um chapéu no goleiro e cruzou para Paulo Ricardo fazer seu gol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.