Tamanho do texto

Presidente do Palmeiras elogiou os jogadores, mas disse que eles não podem perder o foco e a concentração nas partidas

José Carlos Brunoro, diretor executivo, e Paulo Nobre, presidente do Palmeiras
Djalma Vassão/Gazeta Press
José Carlos Brunoro, diretor executivo, e Paulo Nobre, presidente do Palmeiras

A vitória por 1 a 0 sobre o Libertad deixou o presidente do Palmeiras , Paulo Nobre, empolgado com o elenco do clube. Depois de garantir a classificação antecipada para a próxima fase da Copa Libertadores da América, o mandatário manifestou seu entusiasmo com a reviravolta da equipe na temporada.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Este grupo merece tudo o que está acontecendo. Agora, vamos jogar contra o Guarani e, depois, vamos para o Peru. Não podemos perder o foco e a concentração, porque temos jogos decisivos pela frente", afirmou o presidente, em entrevista à TV Bandeirantes .

Leia mais: Palmeiras leva mais público na última rodada, mas Corinthians tem renda maior

Classificado matematicamente na Libertadores e também no Paulistão, o Palmeiras joga neste domingo contra o Guarani, pelo Estadual, e pega na sequência o Sporting Cristal, pelo torneio continental. Enquanto pede concentração nos dois confrontos, Paulo Nobre explicou que o elenco merece ser enaltecido por ter se superado depois de sofrer a goleada para o Mirassol.

"Conheço este grupo desde o começo do ano e sei que tem vergonha na cara. Depois dos 6 a 2, minha única preocupação era o jogo contra o Linense, porque era o seguinte. Mas falei ao elenco que fatalidade acontece e alguns vieram individualmente para falar que havia sido um acidente. Tivemos a cabeça erguida contra o Linense e o gol antológico do Marcelo no último minuto foi uma marca", acrescentou.

Sem se esquecer dos problemas que o clube teve com torcedores organizados no início desta temporada, Nobre comentou o bom comportamento das arquibancadas na noite de quinta-feira, contra o Libertad, no Pacaembu. "O mesmo torcedor que vaia é o que vai aplaudir", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.