Tamanho do texto

IMX, empresa de Eike Batista, faz parte de um dos consórcios que tenta assumir o comando do principal estádio brasileiro

Com direito a protestos e atrasos, foram apresentados, nesta quinta-feira, os dois consórcios que irão disputar a gestão do Complexo Esportivo do Maracanã pelos próximos 35 anos. Os candidatos ao domínio do complexo são o Consórcio Maracanã S.A., fornmado pela Odebrecht Participações, IMX e AEG, e o Consórcio Complexo Esportivo e Cultural do Rio de Janeiro, formado por OAS, Stadion Amsterdam N.V. e Lagardère Unlimited. A IMX, uma das candidatas, pertence ao empresário Eike Batista, segundo homem mais rico do Brasil .

Após a apresentação dos postulantes, Luís Roberto Silveira Leite, presidente da Comissão de Licitação do Maracanã, irá analisar toda a documentação necessária para a validação das propostas e o futuro gestor do complexo pode ser definido dentro de alguns dias. Com meia hora de atraso para o início do encontro, e mais de uma hora de adiamento para o início da análise dos documentos, a sessão chegou a ser interrompida por alguns momentos.

Leia mais:  Polêmica, licitação decidirá nova administração do Maracanã; entenda

Antes do início do processo de análise, os deputados Marcelo Freixo e Janira Rocha, do PSOL, tentaram permitir a entrada de manifestantes para a sala de reuniões no Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado, em Laranjeiras.

"É uma audiência pública e a polícia está proibindo a entrada das pessoas. Isso é ilegal", criticou Freixo.

Durante a manhã, cerca de 200 pessoas protestaram em frente ao Palácio Guanabara contra o processo de licitação do Complexo Esportivo do Maracanã e policiais tiveram que interferir no fato para evitar maiores proporções.

Reviravolta de liminares
Na noite da última quarta-feira, o processo chegou a ser suspenso através de uma liminar judicial que acatava o pedido do Ministério Público do Rio em interromper a licitação do Complexo em razão de irregularidades e um supostobenefício à empresa IMX. No entanto, o Governo do Rio conseguiu cassar a liminar durante a madrugada, garantindo a apresentação dos candidatos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.