Tamanho do texto

"Queríamos matar aqui (em Teresina), mas não foi possível. Não conseguimos e agora é continuar trabalhando", disse o meia do Santos

Se por um lado o atacante Neymar minimizou o empate com o Flamengo-PI , na noite desta quarta-feira, no Estádio Albertão, por outro o meia Montillo demonstrou a sua preocupação com algumas falhas da equipe praiana. O argentino, autor do segundo gol do Peixe na partida, ficou contrariado com a reação dos nordestinos, especialmente pelo fato de o último tento dos piauienses - o primeiro foi de pênalti - ter saído em uma cobrança de falta.

Santos abre 2 a 0, mas cede empate ao Flamengo-PI na Copa do Brasil

Neymar encara a marcação no duelo contra o Flamengo do Piauí pela Copa do Brasil
Futura Press
Neymar encara a marcação no duelo contra o Flamengo do Piauí pela Copa do Brasil

"Jogamos bem no primeiro tempo, mas infelizmente sofremos um gol de falta (do atacante Édson Di), que é algo que não pode acontecer. Estamos sofrendo muitos gols de bola parada", disse Montillo.

Neymar minimiza empate no Piauí e diz: “Na Vila é que o bicho pega"

O camisa 10 pediu concentração total aos alvinegros, visando o duelo de volta com o Flamengo-PI, na próxima quarta, na Vila Belmiro. Até mesmo um empate em 0 a 0 ou 1 a 1 garante os santistas na segunda fase da competição. "Queríamos matar aqui (em Teresina), mas não foi possível. Não conseguimos e agora é continuar trabalhando. Na próxima semana precisaremos ‘matar’ o jogo em casa", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.