Tamanho do texto

O defensor acredita que os santistas poderiam ter definido a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil já neste primeiro confronto

Neymar encara a marcação no duelo contra o Flamengo do Piauí pela Copa do Brasil
Futura Press
Neymar encara a marcação no duelo contra o Flamengo do Piauí pela Copa do Brasil

O zagueiro Edu Dracena retornou ao time do Santos no empate com o Flamengo-PI , na noite desta quarta-feira, no Estádio Albertão. O capitão do Peixe, que ficou afastado nas duas últimas partidas - contra Oeste de Itápolis e São Caetano, pelo Campeonato Paulista - devido a uma tendinite no joelho esquerdo, não ficou satisfeito com o resultado conquistado pela equipe praiana contra os nordestinos.

O defensor acredita que os santistas poderiam ter definido a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil já neste primeiro confronto. "Acho que tivemos chances de acabar com o segundo jogo (uma vitória por dois ou mais gols de diferença daria a vaga direta). Mas, infelizmente, tomamos dois gols em duas bolas paradas. Agora é definir a vaga lá em Santos", analisou Dracena.

Indagado se a atuação alvinegra ficou abaixo do esperado, o zagueiro admitiu que o resultado poderia ter sido outro, mas saiu em defesa de seus companheiros. "O Santos não foi irreconhecível. Sentimos o calor e um pouco do cansaço no segundo tempo. O campo estava pesado. Mesmo assim, nós criamos oportunidades, só que não fomos felizes na finalização", explicou.

Vale destacar que o Peixe enfrenta o Flamengo-PI, na próxima quarta, na Vila Belmiro, e pode empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 para avançar na competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.