Tamanho do texto

Romarinho, Guerrero e Edenílson marcaram os gols da vitória no Pacaembu e time aguarda rival nas oitavas

Romarinho comemora gol do Corinthians contra o San Jose
Andre Penner/AP
Romarinho comemora gol do Corinthians contra o San Jose

O Corinthians garantiu o primeiro lugar do grupo 5 da Libertadores. Venceu o San José por 3 a 0 no Pacaembu, gols de Romarinho, Guerrero e Edenílson, chegou a 13 pontos e agora espera o encerramento dos outros grupos até a próxima semana para conhecer seu adversário nas oitavas. Seja quem for, o clube paulista fará a segunda partida no Pacaembu. A Conmebol ainda não divulgou detalhes, mas as datas das oitavas são 24 de abril, 1º e 8 de maio.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Antes da partida, torcedores corintianos se manifestaram fora do estádio pedindo pela libertação dos 12 presos em Oruro. Dentro do Pacaembu, os jogadores do San José entraram em campo com uma faixa em homenagem a Kevin Beltrán, torcedor do clube morto no jogo entre as duas equipes em Oruro. Durante o jogo, os torcedores continuaram protestando: "É guerraaaa, É guerraaaa, Liberdade ou guerra".

Leia mais: Organizadas prometem “quebrar tudo” se presos não forem libertados até dia 17

No primeiro tempo, o Corinthians teve amplo domínio contra o San José, mas a posse de bola não se converteu em grande vantagem. O time teve três finalizações a gol. E uma delas entrou. Romarinho, aos 25 minutos, aproveitou cruzamento de Emerson em cobrança de falta e tocou de cabeça para o gol.

O San José escalou um time reserva no Pacaembu. Já eliminados, os bolivianos preferiram priorizar o Campeonato Boliviano. Sem seus principais jogadores, a equipe de Oruro não ofereceu perigo algum a Julio Cesar, titular na ausência de Cássio.

No segundo tempo, com a mesma capacidade de controlar o jogo - e com um homem a mais já que Tordoya foi expulso no último minuto do primeiro tempo - o Corinthians apenas conduziu o tempo para sacramentar sua vitória. O gol que deu mais tranquilidade ao time veio aos 14 minutos. Emerson, mais uma vez, deu o passe. Ele fez a jogada pelo lado esquerdo do ataque, cruzou para Guerrero. O peruano dominou no peito, ajeitou e mandou para as redes com o pé direito. Foi seu 10º gol em 15 jogos no ano. Ele tem quatro na Libertadores.

Guerrero, que torceu o tornozelo direito e foi substituído por Jorge Henrique. Um pouco antes, Danilo deixou o campo ovacionado pela torcida. Ele deu lugar a Alexandre Pato. Edenílson por Paulinho foi outra substituição de Tite. E foi do volante o gol que fechou o placar, já no último minuto de jogo. Pato deu passe de calcanhar e deixou Edenílson na cara do gol. O Corinthians está bem na luta pelo bicampeonato.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 3 X 0 SAN JOSÉ

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Horário: 22h (de Brasília)
Data: 10 de abril de 2013 (quarta-feira)
Árbitro: Mauro Vigliano (ARG)
Assistentes: Ernesto Uziga (ARG) e Julio J. Fernández (ARG)
Público: 32.408 pagantes
Renda: R$ 2.245.637,50
Cartões amarelos: Luis Torrico, García e Carrizo (San José)
Cartão vermelho: Tordoya (San José)

Gols: Romarinho, aos 25 minutos do primeiro tempo, Guerrero, aos 14 minutos do segundo tempo, e Edenílson, aos 47 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho (Edenílson); Romarinho, Emerson e Danilo (Alexandre Pato); Guerrero (Jorge Henrique)
Técnico: Tite

SAN JOSÉ: Lampe; Burton, Tordoya, Luis Torrico e García; Didí Torrico, Sejas, Padilla e Reyes (Saucedo); Marcelo (Carrizo) e Flores
Técnico: Marcos Ferrufino