Tamanho do texto

Recentemente, a multinacional britânica fechou um acordo para renomear o CT dos Red Devils de Carrington para Complexo de Treinamento AON

O lendário estádio de Old Trafford, em Manchester, não está ameaçado pela AON, empresta que patrocina o United. Pelo menos é o que afirma o vice-presidente do clube inglês, Ed Woodward, quando perguntado sobre os crescentes rumores de naming rights na praça desportiva.

Old Trafford, estádio do Manchester United
AP
Old Trafford, estádio do Manchester United

Recentemente, a multinacional britânica fechou um acordo para renomear o CT dos Red Devils de Carrington para Complexo de Treinamento AON. E foi aí que a imprensa internacional apontou que o Old Trafford, apelidado de Teatro dos Sonhos, poderia seguir o mesmo caminho em breve.

"O Old Trafford não está à venda", garantiu Woodward, compreendido por uma das fontes da AON. "Esperamos que, com o tempo, as pessoas comecem a entender que a marca AON está aí e quer se aproveitar do acordo para fazer alguma coisa com o clube, que é único".

Ainda sobre firmas do Manchester United, o clube confirmou uma parceria de sete anos com a Chevrolet, que estampará a sua marca nas camisas da equipe, a partir de 2014, por 51 milhões de libras esterlinas (R$ 154 milhões) anuais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.