Tamanho do texto

Ministro do Esporte está confiante em ter 12 estádios da Copa 2014 prontos até o fim do ano

Ministro descarta mudança de curso nos estádios
AP
Ministro descarta mudança de curso nos estádios

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, reafirmou compromisso de entregar todos os estádios da Copa do Mundo de 2014 até dezembro, como pedido pela Fifa. Ele também negou, apesar de rumores, a possibilidade de que o jogo inaugural do torneio não seja no estádio do Corinthians em Itaquera. O clube ameaça parar a obra caso o financiamento do BNDES não seja liberado até o fim do mês.

Contrária a Marin, Dilma gostaria de ver Ronaldo no comando do Comitê da Copa

"A ideia é entregar o Beira-Rio, por exemplo, em setembro. Nosso acompanhamento indica que estão todos dentro do cronograma. Tenho falado semanalmente com os responsáveis diretos. No caso dos estádios públicos, com governadores. No caso dos privados, com proprietários e construtoras. Esse acompanhamento é rigoroso", disse, na noite deste domingo.

Cinco das seis cidades que receberão jogos da Copa das Confederações, em junho deste ano, também serão sedes da Copa do Mundo. A dois meses da primeira partida, ainda há estádios inacabados. Rebelo, no entanto, dá garantia de que serão palcos da competição sem problemas.

"Teremos entregue os seis até abril. Na sexta-feira, entregamos o de Salvador (Arena Fonte Nova). No dia 14, o de Recife (Arena Pernambuco). No dia 21, o de Belo Horizonte (Novo Mineirão). No dia 27, o Maracanã (Rio de Janeiro). Quanto aos outros (da Copa do Mundo), o compromisso é para que fiquem prontos até dezembro", reafirmou o ministro.

Questionado sobre o estádio do Corinthians, ele reforçou que não há nenhuma chance de mudança do local da estreia da Copa. "Tenho acompanhado diariamente essa questão. Todas as providências foram tomadas para que São Paulo tenha a abertura, para que o estádio esteja pronto em dezembro", comentou Rebelo, ao adiantar que fará, em breve, nova visita a Itaquera.