Tamanho do texto

Empresário do zagueiro comentou sobre o momento delicado do clube carioca e afirmou que existem outros times interessados

O futuro do zagueiro Dedé voltou a ser debatido no Vasco, nesta segunda-feira, quando o diretor de futebol do clube cruz-maltino, René Simões, reuniu-se com os empresários do atleta, Giuliano Aranda (o Magrão) e Ubiraci Cardoso. Apesar de o time do Rio de Janeiro tentar segurar o atleta, o Corinthians é apontado como possível destino do defensor.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Dedé, zagueiro do Vasco
André Mourão / Agêndia O Dia
Dedé, zagueiro do Vasco

"O Corinthians é uma possibilidade, não tem como negar, assim como existem outras consultas. É um momento delicado do Vasco e temos de respeitar a entidade, pois o Dedé tem uma identificação muito grande com o clube. Ele já teve inúmeras situações para sair e sempre respeitou muito o clube", afirmou Magrão.

O empresário explicou que não houve qualquer avanço na reunião para encaminhar uma eventual saída do zagueiro, mas entende que este é um momento de avaliar o futuro, já que o Vasco terá uma pausa nas competições.

"O Dedé sempre se preocupou mais com a carreira do que com ofertas. O momento que o Vasco está é delicado, pois não tem mais possibilidade na Taça Rio e só jogará a Copa do Brasil em agosto, quando o Brasileiro já tiver começado. É um momento de conversar e ver o futuro, mas respeitando o clube", acrescentou.

Magrão explicou que sempre manteve conversas com representantes do Vasco para saber sobre seu cliente. "Não teve nada a mais hoje, ele está no clube e tem contrato. Nós nos falamos quase que diariamente, desde a época do Rodrigo Caetano (ex-diretor do clube)", acrescentou.

O técnico Paulo Autuori já se mostrou conformado em perder o zagueiro no segundo semestre, mas o Vasco prefere que a negociação seja com alguma equipe do exterior. O Corinthians adota um discurso de cautela, tentando não se envolver diretamente no assunto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.