Tamanho do texto

Ronaldinho Gaúcho e Bernard desfalcaram o time alvinegro, mas não fizeram muita falta na vitória por 4 a 0

O Atlético-MG venceu mais uma na temporada. Na tarde deste domingo, a vítima no Independência foi o Boa Esporte, que não teve que enfrentar Ronaldinho Gaúcho nem Bernard, mas foi derrotado por 4 a 0 graças a Jô e Luan, que fizeram dois gols cada.

A vitória mantém o time de Cuca na segunda colocação do Campeonato Mineiro - agora com 24 pontos -, já que o líder Cruzeiro bateu o América no mesmo horário. Ao Boa, o resultado é perigoso. A equipe de Varginha segue com oito e já é ameaçada até pelo lanterna América-TO, que mais cedo fez 2 a 1 no Villa e pulou para seis.

Guilherme, do Atlético-MG, em ação na goleada sobre o Boa pelo Mineiro
Gazeta Press
Guilherme, do Atlético-MG, em ação na goleada sobre o Boa pelo Mineiro

Neste domingo, o Atlético foi a campo com quatro desfalques. O meia-atacante Bernard e o atacante Diego Tardelli, devido a uma luxação no ombro e a uma fisgada na coxa respectivamente. Já o zagueiro Réver e o meia Ronaldinho Gaúcho estavam a serviço da Seleção Brasileira no sábado.

Apesar das baixas, o time da capital foi incisivo. Muito por conta de Luan, que deu trabalho à defesa boveta pelas pontas. Aos 14 minutos, fez bom cruzamento da direita para Josué. O volante surpreendeu a marcação ao chegar de trás, contudo, a três metros da linha do gol, não pegou bem na bola e chutou para fora.

Oito minutos depois, a jogada foi pela esquerda. Acionado dentro da área, Luan entortou Marabá e cruzou para Jô. O atacante preparou o chute, mas Betinho se atirou ao chão a tempo de travá-lo, salvando o goleiro Douglas, que já estava caído no canto oposto.

Maduro, o gol saiu aos 35. Guilherme dominou longo lançamento do zagueiro Leonardo Silva e, do bico direito da área, tocou rasteiro para Jô concluir de primeira, por cima do goleiro, e abrir a contagem no Independência.

No retorno do intervalo, Luan voltaria a se destacar, mas com gols. Aos 13 minutos, o atacante pegou sobra de Richarlyson, limpou a marcação e bateu no canto de Douglas. Quatro minutos depois, recebeu bom passe e acertou o ângulo.

Ainda sobrou tempo para Jô também fazer seu segundo. Após cruzamento de Marcos Rocha, o centroavante atleticano subiu de cabeça para decretar a goleada e dar números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 4 X 0 BOA ESPORTE

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 7 de abril de 2013 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Luiz Antônio Barbosa
Cartões amarelos: Luan (Atlético-MG); Robert e Marabá (Boa)

Gols: ATLÉTICO-MG: Jô, aos 35 minutos do primeiro tempo e aos 40 minutos do segundo tempo, e Luan, aos 13 e aos 17 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Gilberto Silva, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete (Rosinei), Josué (Morais) e Guilherme; Luan (Alecsandro) e Jô
Técnico: Cuca

BOA ESPORTE: Douglas, Fábio Silva, Leandro Camilo, Rodrigo Arroz e Lucas Pavone; Jair, Bruno Araújo, Carlos Magno e Marcelinho Paraíba; Betinho e Marabá
Técnico: Sidney Moraes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.