Tamanho do texto

Depois de ficar 12 partidas invicto, o Inter sofreu sua primeira derrota: 1 a 0 em Veranópolis

Internacional perdeu para o Veranópolis fora de casa
AI Internacional/Divulgação
Internacional perdeu para o Veranópolis fora de casa

Depois de ficar 12 partidas invicto, o Internacional voltou a perder. Neste domingo, o Colorado levou 1 a 0 do Veranópolis, gol do zagueiro Jonas, e perdeu a liderança do Grupo B da Taça Farroupilha para o Juventude. A equipe de Dunga, que perdeu pela segunda vez em 2013, já está classificada para os mata-matas do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Deixe seu comentário para esta partida

O Veranópolis fez seu gol cedo, aos nove minutos, e passou a esperar o Inter para contragolpear. Anulou bem o Colorado no primeiro tempo e teve mais chances de ampliar que de sofrer o empate. O time da casa seguiu se defendendo bem na etapa final. Embora não tenha tido mais chances de ampliar, suportou a forte pressão do Internacional mesmo nos 15 minutos finais, quando ficou com um homem a menos, e segurou uma ótima vitória.

Com 13 pontos, o Inter terá a chance de recuperar a liderança do Grupo B no próximo domingo, quando enfrentará o próprio Juventude, em Lajeado. O Papo tem 14 pontos na Taça Farroupilha. O Veranópolis, com a vitória, garantiu classificação às quartas de final, com 13 pontos, e se livrou de qualquer risco de rebaixamento.

O jogo
Com força máxima, o Inter tentou se impor nos primeiros minutos. Logo aos três minutos, Forlán recebeu pela direita, cortou o zagueiro e chutou em cima da marcação. Mas o domínio colorado não se concretizou: aos nove minutos o time da casa abriu o placar com o zagueiro Jonas aparando de cabeça um cobrança de escanteio na área rubra. Há quatro jogos o Inter não sofria gols.

Mais fechado após a vantagem, o Veranópolis tentava surpreender o Inter nos contra-ataques e marcava bem o Colorado, que só chegou de novo com perigo aos 26: Fabrício lançou Dátolo na área, mas o meia deu um toque a mais e perdeu a chance do empate. Foi a única chegada de real perigo a favor do time de Dunga no primeiro tempo após sofrer o gol.

Nos minutos finais, o Veranópolis teve boas chances para ampliar, mas desperdiçou todas. Aos 42, Juninho tabelou com Márcio Reis, mas na hora de marcar o segundo Juan cortou. Aos 44, Alan ficou sozinho contra dois atacantes do Veranópolis, mas conseguiu desarmar Escobar de forma espetacular quando este adiantou demais a bola, mandando para escanteio. Na cobrança, Edson Borges subiu livre e mandou de cabeça para fora.

No segundo tempo o Inter pressionou de forma mais incisiva, mas o Veranópolis seguia se defendendo muito bem. Conclusões dentro da área do time da Serra eram raridade. Aos 6, Fred chutou, Forlán tocou de calcanhar e João Ricardo defendeu. O Colorado chegou também em chutes longos de Willians e Forlán. O time da casa respondeu em giro de Lê, dentro da área, por cima.

Com o passar dos minutos, o nervosismo começou a tomar conta do Inter. Aos 26, D’Alessandro discutiu com Lê e foi afastado da confusão pelo árbitro Fabrício Corrêa. O Colorado chegou com Fred, aos 35, em chute para fora, mas foi o lance seguinte que fez o time ir de vez para cima do Veranópolis: Itaqui botou a mão na bola de forma infantil e acabou expulso, deixando o time da casa com um homem a menos em campo.

Aos 43, o Colorado perdeu uma chance na pequena área: após levantamento na área, Fabrício apareceu sozinho pelo lado esquerdo, embaixo da trave, e mandou por cima do gol. Dois minutos depois, Fred levantou, a zaga não cortou e Juan entrou sozinho, mandando de cabeça para grande defesa de João Ricardo. Aos 46, o goleiro do Veranópolis salvou chutaço de Fabrício. No fim, muita festa da torcida local, tanto com a classificação como com a fuga do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
VERANÓPOLIS 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Antônio David Farina, em Veranópolis (RS)
Data: 7 de abril de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Corrêa
Assistentes: Alexandre Kleiniche e Leirson Martins
Cartões amarelos: Escobar (Veranópolis); Aírton, Willians e Fred (Internacional)
Cartão vermelho: Itaqui (Veranópolis)

Gol:
VERANÓPOLIS: Jonas, aos 9 minutos do primeiro tempo

VERANÓPOLIS: João Ricardo; Ednei, Jonas, Édson Borges e Anderson Luís (Saulo); Escobar, Itaqui, Márcio Reis (Leandrão) e Juninho (Fininho); Eduardinho e Lê
Técnico: Julinho Camargo

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Alan, Juan e Fabrício; Aírton (Otávio), Willians, Dátolo (Fred) e D’Alessandro; Forlán e Rafael Moura (Caio)
Técnico: Dunga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.