Tamanho do texto

Equipe de Oswaldo de Oliveira, campeã da Guanabara, vem de vitória de 3 a 0 sobre o Vasco e quer embalar

Embalado pela vitória sobre o Vasco, por 3 a 0, na última quarta-feira, o Botafogo enfrenta o Olaria neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela quinta rodada da Taça Rio, disposto a vencer e manter os 100% de aproveitamento. Com um jogo a menos que a maioria dos seus rivais, o Glorioso soma nove pontos atrás do Volta Redonda, que lidera o Grupo A. Ganhando, o Alvinegro, campeão da Taça Guanabara, dará um passo gigantesco rumo à classificação para as semifinais.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Fellype Gabriel, jogador do Botafogo, comemora seu gol durante partida contra o Vasco
Fabio Castro / Agif/Gazeta Press
Fellype Gabriel, jogador do Botafogo, comemora seu gol durante partida contra o Vasco

A partida deste domingo não se desenha das mais complicadas. O Glorioso terá pela frente um adversário que, apesar de ter cinco tentos na Taça Rio, soma apenas oito na classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos e vale para o rebaixamento. Além disso, o Olaria estará abalado pela humilhante goleada de 5 a 0 sofrida para o Friburguense, no fim de semana passado, resultado que comprometeu suas chances de permanência na elite do futebol carioca.

Apesar da dura realidade do Olaria, o técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, pediu o máximo de seriedade a seus comandados para evitar surpresas desagradáveis. "Nesta Taça Rio, os times de menor investimento estão surpreendendo muito e ganhando dos grandes em boa parte dos jogos. Isso não é mais um fato isolado. O próprio Olaria ficou no empate sem gols com o Vasco há duas semanas. Sei do nosso favoritismo, mas vamos precisar correr muito e nos empenhar para fazer com que essa vitória seja conquistada, como todos esperam", garantiu o treinador.Já na visão dos jogadores alvinegros, o triunfo neste domingo pode ser um resultado estratégico na luta pela classificação. "Dependendo do que acontecer no fim de semana, nós, em caso de vitória, poderemos abrir um abismo em relação a vários concorrentes pela classificação e deixar a vaga nas semifinais bem encaminhada. É nisso que devemos pensar. Mesmo com todo o respeito ao Olaria, apenas a vitória interessa", declarou o lateral-direito Lucas.

Para este jogo, o Botafogo tem problemas na escalação: o goleiro Jéfferson e o zagueiro Dória estão servindo à Seleção Brasileira. Jéfferson será por Renan. Já na zaga, há uma dúvida. Antônio Carlos está se recuperando de estiramento muscular na coxa esquerda e será reavaliado. Caso não esteja em condições, André Bahia ficará com o posto. Enquanto isso, o meia Seedorf é dúvida por conta de dores musculares nas duas coxas. A tendência é a de que ele jogue, mas, se for vetado, Bruno Mendes será mantido no ataque.

Pelo lado do Olaria, o técnico Luiz Antônio reconhece as dificuldades deste jogo. "Vamos enfrentar um dos melhores times desta temporada e nossa tarefa não é fácil. Mas não vamos entrar em campo derrotados. Podemos surpreender", comentou o comandante.

E a dificuldade olariense aumenta, já que Luiz Antônio não poderá contar com o zagueiro Cléberson, suspenso. Dudu será o seu substituto. A boa notícia fica por conta do retorno do atacante Zé Carlos, o Zé do Gol, com passagem pelo próprio Botafogo, e que foi desfalque no fim de semana passado por conta de lesão na coxa direita. Ele reaparece no posto de Waldir.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X OLARIA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 7 de abril de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo de Miranda (RJ)
Assistentes: Silbert Sisquim (RJ) e Eduardo Couto (RJ)

BOTAFOGO: Renan; Lucas, Bolívar, Antônio Carlos (André Bahia) e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel e Lodeiro; Rafael Marques  e Bruno Mendes.
Técnico: Oswaldo de Oliveira

OLARIA: Moreno; Lucas, Rafael, Dudu e Calisto; Assis, Erick Daltro e Mehmet Aurélio; Erick, Leandrão e Zé Carlos
Técnico: Luiz Antônio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.