Tamanho do texto

Menos de três meses depois do início dos jogos, o grupo tem oito desfalques por lesão

Devido às eleições presidenciais no clube e à reformulação após o rebaixamento no Brasileiro, Gilson Kleina começou a temporada com um elenco reduzido e previa problemas no Palmeiras . Menos de três meses depois do início dos jogos, o grupo tem oito desfalques por lesão. E o técnico concluiu que é melhor treinar menos.

Leia mais: Com janela fechada na Europa, Kleina dá aval para Palmeiras buscar Moreno

"Estamos preocupados com esse tipo de situação. Nós nos fechamos nesta semana para ver o que melhorar. Vamos tirar um pouco a carga, diminuir o tempo de trabalho, mas mantendo a intensidade. Alguns jogadores não podem ficar tanto tempo fora, é ruim para todos", comentou o treinador.

Já é raro os atletas trabalharem em dois períodos, com exceção exatamente para quem está machucado, que acelera o tratamento para voltar a ficar à disposição. As atividades nesta semana, contudo, continuaram longas, como Kleina se acostumou a comandar desde sua chegada ao clube, em setembro.

De qualquer forma, o trabalho do técnico segue atrapalhado por um planejamento atrasado, como já definia em janeiro. "Iniciamos a pré-temporada com o grupo muito reduzido. Vieram os jogos, o calendário acumulou e não tem como manter o alto nível. O desgaste foi muito grande e começaram as lesões."

As contratações para preencher o elenco chegaram em fevereiro, mês em que o time começou a disputar Paulista e Libertadores ao mesmo tempo. "Os atletas não vieram com o ritmo esperado, buscaram dentro dos treinos e jogos. O Palmeiras está se ajustando dentro das competições, no sacrifício. É um preço muito maior a se pagar", indicou Kleina.

No momento, não podem ser escalados por contusão Valdivia, Wesley, Henrique, Kleber, Maikon Leite, Patrick Vieira, Leandro Amaro e Edilson, sendo que Valdivia, Wesley e Henrique, três dos principais jogadores do elenco, estão com problemas musculares, decorrente do excesso de jogos. "Mas vamos solucionar", disse Kleina, otimista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.