Tamanho do texto

Em 1987, o time paulista acumulou uma vitória, dois empates e três derrotas e ficou com a lanterna em seu grupo no torneio

O revés para o The Strongest por 2 a 1, na quinta-feira, não apenas afastou o São Paulo da vaga às oitavas de final da Libertadores - na última rodada, precisa vencer o Atlético-MG e contar com tropeço do time boliviano frente ao Arsenal. Também aumentou a probabilidade de o clube registrar seu pior desempenho em 16 edições.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

A campanha mais fraca é de 1987, ano em o time que dividia a chave com Cobreloa, Colo Colo e Guarani e acumulou três derrotas, dois empates e uma vitória. Na época, uma vitória valia dois pontos, e o São Paulo foi o último colocado.


Leia mais: Derrotado, São Paulo pode ficar refém até de sorteio para seguir vivo

Passadas cinco rodadas na atual edição, sem considerar a fase preliminar, o time de Ney Franco tem três derrotas (para Atlético-MG, Arsenal e The Strongest) e uma só vitória (sobre The Strongest, no Morumbi), além de ter empatado com o Arsenal, no Pacaembu. Se perder como mandante para o Atlético, no dia 17, o retrospecto será mais negativo do que o de 26 anos atrás.

Mesmo ciente de que a vaga ficou distante, o treinador prefere pensar por outro lado. "A competição ainda nós dá oportunidade de classificação. É com isso que a gente trabalha. Esse tema (pior campanha) é para ser discutido depois do jogo, se realmente for dessa forma. Mas vamos trabalhar por outro caminho, o da vitória sobre o Atlético, esperando o resultado do outro confronto", disse.

Além de 87, o São Paulo não passou da fase de grupos em 78 e 82. Nas três participações, somente uma equipe por chave se classificava, ao contrário de agora, em que o segundo colocado também garante a continuidade na competição continental.

"A campanha não é boa, por enquanto não é de classificação. Além das derrotas fora de casa, estão fazendo diferença os dois pontos deixados contra o Arsenal, jogando em São Paulo. Poderíamos estar com a mesma pontuação do segundo colocado. Agora estamos dependentes de ganhar o próximo jogo e do resultado dos adversários", lamentou Ney Franco, por fim.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.