Tamanho do texto

Com vitória sobre o Itabaiana por 3 a 0 no Sergipe, time de Campinas elimina segunda partida pela Copa do Brasil

Sensação do Campeonato Paulista e invicta na temporada, a Ponte Preta se deu ao luxo de viajar para Sergipe com um time repleto de reservas. Jogando no estádio Presidente Médici, a Macaca deu sequência ao grande momento no ano e passou por cima da Itabaiana com o placar de 3 a 0, eliminando o jogo de volta pela Copa do Brasil.

E o passeio ponte-pretano pelo Nordeste começou logo no primeiro minuto de jogo, quando o volante Ícaro derrubou o lateral direito Tiago Cametá na grande área. O árbitro Sebastião Rufino Ribeiro Filho assinalou pênalti e Alemão ‘incorporou’ a camisa 9 do artilheiro titular William para bater com firmeza e abrir o placar.

O segundo gol saiu ainda no primeiro tempo, já aos 32 minutos, e novamente dos pés do centroavante revelado pelo Santos. O meia-atacante Diego Rosa fez boa jogada individual e obrigou o goleiro Ivan a fazer boa defesa. Alemão mostrou bom posicionamento e empurrou para as redes para ampliar a vantagem campineira.

Se no final do primeiro tempo os sergipanos se complicaram ainda mais com a expulsão de Rogério Paraíba, o início da etapa complementar reservou mais um balde de água fria na torcida local. Aos 11 minutos, o veloz Rildo disparou pela esquerda, invadiu a área e tocou sutilmente para deslocar Ivan e anotar o terceiro da Ponte.

Mesmo com mais alterações no time titular, os alvinegros não diminuíram o ritmo e seguiram controlando a partida. Já na reta final, Alemão voltou a incomodar a defesa rival ao cobrar falta com categoria e fazer a bola explodir no travessão.

Sem precisar realizar a partida de volta em Campinas, a Macaca agora espera tranquilamente pela definição de seu adversário na segunda fase. Na próxima quarta-feira, o Bragantino visita o Águia Negra-MS em Rio Brilhante e, se for necessário, o jogo de volta está marcado para o dia 17 de abril, em Bragança Paulista.

Já pelo Campeonato Paulista, o próximo compromisso da Ponte Preta é duríssimo. Na vice-liderança, o time de Campinas recebe um embalado Palmeiras pelo desempenho na Copa Libertadores da América no estádio Moisés Lucarelli às 16 horas (de Brasília) de domingo.

FICHA TÉCNICA - ITABAIANA 0 x 3 PONTE PRETA

Local: Estádio Presidente Médici, em Itabaiana (SE)
Data: 4 de abril de 2013, quinta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Sebastião Rufino Ribeiro Filho (PE)
Assistentes: Arnaldo Rodrigues de Souza (CE) e Wilton José Lins da Silva (PE)
Cartões amarelos: Júnior Santos, Edson, Júnior Quiboa e Silvio (Itabaiana); Wescley, Memo e Rildo (Ponte Preta)
Cartão vermelho: Rogério Paraíba (Itabaiana)

Gols:
PONTE PRETA: Alemão, aos dois, de pênalti, e aos 32 minutos do primeiro tempo; Rildo, aos 11 minutos do segundo tempo

ITABAIANA: Ivan; Rony, Rogério Paraíba, Sílvio, Rogério Sodré e Júnior Santos; Anderson Paulista, Ícaro e David; Reinaldo Gaúcho (Júnior Quiboa) e Wilson Júnior
Técnico: Dário Lourenço

PONTE PRETA: Roberto; Tiago Cametá, Wescley, Diego Sacoman e Renan; Xaves, Memo (Alef), Geovane e Diego Rosa (Everton Santos); Rildo (Rossi) e Alemão
Técnico: Guto Ferreira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.