Tamanho do texto

Meia ficou fora do time nos dois jogos sob o comando do novo técnico Jorginho, mas não sabe qual será o seu futuro no clube

Ibson ainda aguarda uma posição da diretoria do Flamengo para saber do seu futuro
Ernesto Carriço/Agência O Dia
Ibson ainda aguarda uma posição da diretoria do Flamengo para saber do seu futuro

As especulações de uma possível saída do Flamengo após perda de espaço de Ibson, que ficou de fora de duas partidas desde a chegada do técnico Jorginho, foram negadas nesta sexta-feira. O pai do meia, Laís Silva, afirmou que Eduardo Uram, empresário do jogador, não foi contatado sobre nenhum tipo de negociação.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Em momento algum o Uram foi contatado para tratar desse assunto. Estamos esperançosos pelo momento de transição do Flamengo, que conseguiu as certidões negativas de débito para honrar os compromissos, fico feliz pela gestão ter encontrado o caminho", declarou Silva em entrevista à Rádio Brasil .

Veja também: Fla deixa vitórias para depois e aposta em austeridade financeira para renascer

Ibson foi titular com Dorival Júnior, mas, com Jorginho, só foi titular no empate por 0 a 0 com o Boavista, quando foi substituído por Nixon. O jogador não participou da vitórias por 1 a 0 sobre o Remo por 2 a 1 sobre o Bangu.

O pai do atleta não criticou a opção do treinador e citou o tamanho do elenco para explicar a situação. "Existem 26 atletas, mas o treinador só convoca de 18 a 20, então alguns vão sobrar. Nesse momento sobrou o Ibson, mas também já sobraram Alex Silva, Marcos González e muitos outros jogadores. É opção tática", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.