Tamanho do texto

Meia do Fluminense o criticou em entrevista e depois pediu desculpas ao atacante santista

Neymar marcou de falta o gol de empate do Santos contra o São Caetano
WAGNER CARMO / Gazeta Press
Neymar marcou de falta o gol de empate do Santos contra o São Caetano

As declarações do meia Deco, do Fluminense, que criticou Neymar, não afetaram o seu relacionamento com o atacante santista. Após o empate com o São Caetano, na noite desta quinta-feira, no Pacaembu, Neymar evitou polemizar com Deco e revelou que o meio-campista lhe telefonou para esclarecer o mal-entendido.

Deco foi perguntado sobre como uma transferência para a Europa ajudaria Neymar a se desenvolver. "Não acho nada. É a vida dele. Ele sabe o que é melhor, o pai, a família. Não gosto dele como pessoa. Admiro como jogador, é craque. Mas isso é um problema dele. Deixa ele fazer a vida dele", disse Deco em entrevista à Rádio Bradesco Esportes. 

Na saída do gramado do Pacaembu, Neymar minimizou o episódio e disparou contra a imprensa: "É um bando de bobão que fica inventando essas notícias falsas. Temos de parar com isso. Tentamos ajudar todos, mas quem está sendo ajudado, não consegue ajudar e acaba se prejudicando. Uma hora a ‘ficha’ desse cara cai e vai pagar pelo que está fazendo. Foi uma falta de respeito com os dois", afirmou Neymar, sem identificar o alvo de suas críticas."Foi uma coisa muito ruim tanto pra mim quanto para o Deco. Somos amigos e nos falamos, e esse cara nos deixou em uma situação chata. É uma coisa que não é legal o que esse cara estar fazendo", emendou.

Com o Santos de folga no final de semana, pelo Campeonato Paulista, Neymar vai defender a seleção brasileira no amistoso contra a Bolívia, sábado, em Santa Cruz de la Sierra. Neymar voltará ao Santos a tempo de participar da estreia da equipe na Copa do Brasil. A equipe enfrenta o Flamengo-PI, na próxima quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), no Estádio Albertão.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.