Tamanho do texto

Meia do Grêmio levou a pior e deixou o treino com fortes dores no tornozelo. Equipe encara o Cerâmica pelo Campeonato Gaúcho

Principal jogador do Grêmio neste começo de temporada, o meia Zé Roberto virou motivo de preocupação na tarde desta quinta-feira. Em uma dividida com o zagueiro Bressan em um treino realizado na Arena, o articulador levou a pior e deixou o treino com fortes dores no tornozelo. Zé conseguiu apoiar o pé no chão, o que é um bom sinal. Ele realizará tratamento com gelo e analgésicos, inicialmente.

Ainda é cedo para uma avaliação mais detalhada, mas o articulador deve ser preservado da partida contra o Cerâmica, neste sábado, pelo Campeonato Gaúcho, a fim de que possa se recuperar completamente para o jogo da próxima quarta, contra o Fluminense, pela Libertadores. Seu substituto, caso de fato não possa atuar, deve ser definido nesta sexta-feira.

Outro jogador que deixou o treino mais cedo, também com dores, é Elano, com dores no joelho direito. No entanto, sua situação não preocupa tanto, já que ele não poderá atuar diante do Flu, por suspensão. A boa notícia ficou por conta do goleiro Dida, plenamente recuperado de lesão na coxa.

Na lateral esquerda, Fábio Aurélio treinou como titular, na vaga do convocado André Santos. O técnico Vanderlei Luxemburgo escalou o Grêmio com Dida; Pará, Cris, Werley e Fábio Aurélio; Fernando, Souza, Marco Antônio e Zé Roberto; Vargas e Barcos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.