Tamanho do texto

Pedro Valente, que também ocupou cargos na gestão de Eurico Miranda, criticou o ex-jogador após derrota para o Botafogo, nesta quarta

Comunicado foi emitido no blog pessoal de Pedro Valente, ex-diretor
Reprodução
Comunicado foi emitido no blog pessoal de Pedro Valente, ex-diretor

A derrota por 3 a 0 para o Botafogo não teve apenas a eliminação na Taça Rio e a lanterna do Grupo A como consequências ao Vasco . Nesta quinta, um dia após o clássico, o ex-diretor cruz-maltino Pedro Valente emitiu nota criticando a atual gestão do clube e pedindo o impeachment do presidente Roberto Dinamite.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Benemérito vascaíno e oito vezes vice-presidente do clube, quatro delas ocupando o cargo médico na gestão de Eurico Miranda, Valente diz que a impaciente torcida passa momentos de humilhação com a campanha do time. Como solução, o ex-dirigente sugere o recadastramento do quadro social e a realização de eleições em 30 dias.

Leia mais: Após mais um revés, Autuori e jogadores “jogam toalha” no Estadual

Além dele, o vice-presidente do conselho deliberativo do clube, Roberto Monteiro, foi outro a divulgar textos criticando o atual mandatário do Vasco. Nele, ele elogia a figura Roberto Dinamite como jogador, relembra o apoio dado ao mesmo nas últimas eleições, mas critica a maneira como ele tem administrado o Gigante da Colina.

Sem vencer há cinco partidas, o Vasco tem apenas um ponto conquistado no Grupo A da Taça Rio. Além disso, o elenco profissional está com os salários atrasados e segue sofrendo com as ameaças de novas ações judiciais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.