Tamanho do texto

Revelado pelo clube, atacante rodou pela Europa, Santos e Flamengo e voltou ao Canindé

Diogo reestreou pela Portuguesa
Twitter/Reprodução
Diogo reestreou pela Portuguesa

Após quase quatro anos e meio, o atacante Diogo voltou a vestir a camisa da Portuguesa em uma partida oficial no duelo desta quarta com o Naviraiense (MS), pela Copa do Brasil . Um dos destaques da Lusa no jogo, o jogador mostrou-se satisfeito com o desempenho apresentado em sua primeira atuação na temporada.

Deixe seu comentário para esta notícia

"Acredito que tenha sido uma boa estreia, principalmente no primeiro tempo, não pelo resultado, mas pelo fato de estar há muito tempo sem jogar. No segundo, o jogo caiu muito e o nosso time também, mesmo porque muitos jogadores que atuaram não vinham jogando, e o estado do campo pesou também", analisa.

O único motivo de Diogo não ter ficado completamente satisfeito com a partida foi o empate sem gols. Com o resultado, a Lusa decidirá a classificação à segunda fase do torneio no Canindé, no próximo dia 17. Segundo ele, a distância entre São Paulo e o Mato Grosso do Sul influenciou dentro de campo.

"O cansaço da viagem contribuiu. Sair de uma cidade para outra, pegar duas horas e meia de estrada e já jogar complica. No primeiro tempo ainda tivemos chances de fazer um ou dois gols, e se a gente concretiza essas oportunidades o jogo teria ficado mais fácil", diz.

Sem poder atuar na Série A2, já que acertou seu retorno ao Canindé após o período de inscrições do estadual, Diogo deve voltar a jogar apenas na partida de volta contra o Naviraiense. "Não tem muito o que fazer, além de treinar e esperar pelo dia de voltar a campo. No meu caso, o que preciso é de ritmo de jogo, pois estou bem fisicamente", conclui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.