Tamanho do texto

Lanterna no grupo A, time comandado por Paulo Autuori precisa vencer o clássico para manter chances de avançar às semifinais

Vasco e Botafogo , protagonistas da final da Taça Guanabara, se reencontram nesta quarta-feira, às 19h30(de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. No encontro que decidiu o primeiro turno, o Botafogo levou a melhor e venceu por 1 a 0, ficando com o título e garantindo vaga na final do Carioca.

De volta ao Brasil, Paulo Autuori fará seu primeiro clássico no comando do Vasco
Alexandre Brum / Agência O Dia
De volta ao Brasil, Paulo Autuori fará seu primeiro clássico no comando do Vasco

Para este jogo as duas equipes chegam em situações bem diferentes. O Vasco vem de um empate sem gols com o Olaria. Com apenas um ponto, ocupa a lanterna da chave. Já o Glorioso tem seis pontos, cem por cento de aproveitamento e vai dar um passo gigantesco rumo à próxima etapa em caso de triunfo.

"Sabemos o que representará para o Botafogo a vitória sobre o Vasco, pois, neste caso, a classificação para a próxima etapa estará muito bem encaminhada. No entanto, trata-se de um jogo complicado, contra um adversário que precisa muito do resultado e que já mostrou que pode evoluir nesta Taça Rio. Mas estamos prontos para um grande jogo", disse o volante Marcelo Mattos.Para os vascaínos, as últimas esperanças de classificação para as semifinais estão depositadas nesta partida e nenhum resultado que não a vitória será bem-vindo aos cruzmaltinos.

"Não podemos entrar em campo pensando que estamos em situação delicada ou que a classificação para as semifinais é algo muito complicado de acontecer, pois se agirmos assim as coisas não vão acontecer conforme o nosso desejo. Temos que ir a campo, tentar derrotar o Botafogo e depois observar o que um triunfo melhorou a nossa situação no Campeonato Carioca" analisou o volante Wendel.

O técnico do Vasco, Paulo Autuori, vai promover uma apenas uma alteração na equipe. O lateral esquerdo Yotún, que ficou de fora contra o Olaria por estar servindo à seleção peruana nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil, ganha a vaga de Thiago Feltri.

Pelo lado do Botafogo, o meia Lodeiro, que estava com a seleção uruguaia também nas Eliminatórias, reaparece na vaga de Vitinho, que fica como opção no banco de reservas. Sem Seedorf, suspenso por ter sido expulso na vitória de 2 a 1 sobre o Madureira, Oswaldo de Oliveira desistiu do esquema 4-5-1 e vai armar a equipe com dois atacantes. Melhor para Bruno Mendes, que ganha uma chance e vai compor o setor com Rafael Marques.

FICHA TÉCNICA
VASCO X BOTAFOGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 3 de abril de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Luiz Antônio Silva dos Santos (RJ)
Assistentes: Wagner Santos (RJ) e Jackson dos Santos (RJ)

VASCO: Alessandro; Nei, Dedé, Renato Silva e Yotún; Sandro Silva, Wendel, Fellipe Bastos e Carlos Alberto; Eder Luis e Tenório.
Técnico: Paulo Autuori

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel e Lodeiro; Bruno Mendes e Rafael Marques.
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.