Tamanho do texto

"A vitória foi importante. O São Paulo e a Ponte não ganharam, então, nós vamos acreditar até o final na busca pela liderança", disse o camisa 10 santista

Montillo, meia do Santos
Guilherme Dionízio/Gazeta Press
Montillo, meia do Santos

Com a vitória sobre o Oeste, no último domingo, em Bauru, o Santos se aproximou da liderança do Campeonato Paulista, apesar de continuar na terceira colocação do Estadual, com 32 pontos. O São Paulo, que está no primeiro lugar, tem 35 pontos ganhos e um jogo a menos. Mesmo assim, o meia Montillo confia que o Peixe ainda pode ultrapassar a Ponte Preta, vice-líder, com 34, e tirar a primeira posição do rival, nas rodadas que restam para o término da fase classificatória do Paulistão.

"A vitória foi importante. O São Paulo e a Ponte não ganharam, então, nós vamos acreditar até o final na busca pela liderança", disse o camisa 10 santista, ressaltando a importância de conquistar a primeira posição nesta primeira etapa da competição.Isto porque, os alvinegros, com melhor campanha, poderiam jogar nas quartas e na semifinal em casa - o regulamento prevê a disputa de apenas uma partida nestas fases do Paulista. Caso avance até a final, o Santos jogaria o segundo e decisivo confronto exercendo o seu mando de campo.

"Temos que continuar trabalhando, pois estamos no caminho certo. Vamos brigar pelo campeonato e, para isso, é importante jogar em casa no mata-mata", completou Montillo.

O meio-campista argentino, que marcou dois gols na atual edição do Paulistão, estará à disposição do técnico Muricy Ramalho para o duelo com o São Caetano, na próxima quinta-feira, a partir das 19h30 (horário de Brasília), no Pacaembu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.