Tamanho do texto

Triunfo por 2 a 1 foi também o primeiro da equipe sob o comando do técnico Jorginho

Foi no sufoco, mas o Flamengo conseguiu vencer por 2 a 1 o Bangu, nesta quarta-feira, em Volta Redonda. Com gols de Rodolfo e João Paulo, os rubro-negros conqusitaram o primeiro triunfo na Taça Rio e seguem na briga por uma vaga para as semifinais. Esta foi a primeira vitória do técnico Jorginho no comando da equipe. O resultado deixou os flamenguistas com quatro pontos, na terceira posição ao lado do Boavista. Já o Bangu, com dois pontos, ficou mais distante da fase final do segundo turno do Campeonato Carioca.

O duelo começou com o Bangu abrindo o placar com Sérgio Júnior. No entanto, no segundo tempo, o atacante Rodolfo acertou belo chute no ângulo para empatar a partida. A virada só aconteceu nos minutos finais, com João Paulo. O lateral esquerdo cobrou falta na área e contou com o desvio do volante Ives para dar números finais no Raulino de Oliveira.

Rodolfo comemora seu gol pelo Flamengo
Fabio Castro/Agif/Gazeta Press
Rodolfo comemora seu gol pelo Flamengo

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente O Audax, neste domingo, em Volta Redonda. Já o Bangu vai até Resende para encarar o Resende, fora de casa.

O jogo
O confronto começou a todo vapor, com o Bangu abrindo o placar no Raulino de Oliveira na primeira chegada ao ataque, aos três minutos. Hugo fez boa jogada individual pela direita e cruzou rasteiro para Sérgio Júnior, que finalizou no canto de Felipe. O Flamengo não sentiu o revés e foi para cima do Bangu. Tanto que dois minutos depois Rafinha recebeu na área e chutou cruzado, mas para fora.

Os rubro-negros, tendo que buscar o ataque para empatar a partida, permitia que o Bangu saísse nos contra-atques. Em um desses avanços, aos nove minutos, Hugo recebeu sozinho na entrada da área, mas adiantou a bola e viu Felipe se antecipar impedindo a finalização. A resposta dos flamenguistas veio aos 14 minutos, quando Gabriel desperdiçou a melhor chance do Flamengo ao receber na área e tocar na saída do goleiro, só que a bola acabou indo pela linha de fundo.

Depois do início movimentado, a partida teve uma queda, principalmente porque o Flamengo passou a ter dificuldade de superar a marcação do Bangu. Somente na parte final, os rubro-negros voltaram a chegar com perigo. Aos 41 minutos, Gabriel, mais uma vez, recebeu livre na área e novamente finalizou para fora. Os flamenguistas seguiram buscando o empate, mas foram para o intervalo atrás no placar.

Na etapa final, o Flamengo quase empatou logo com um minuto em um lance inusitado. Renato Abreu, que havia entrado, tentou cruzar, mas quase acertou o gol. O goleiro Getúlio Vargas estava atento e conseguiu salvar o Bangu. No entanto, a chance inicial foi a única na parte incial do seugndo tempo. Quando conseguiu chegar novamente, os rubro-negros empataram, aos 20 minutos. Rodolfo acertou belo chute no ângulo, sem chance para o arqueiro banguense.

O gol animou os flamenguistas, que foram para cima do Bangu. Rodolfo quase marcou o segundo aos 24 minutos ao aproveitar falha da zaga e finalizar, mas viu Getúlio Vargas se jogar e salvar com os pés. Na cobrança de escanteio, Renato Abreu pegou sobra na pequena área, mas chutou por cima do travessão.

O Flamengo seguia melhor e pressionava em busca da virada. Aos 35 minutos, Rafinha fez boa jogada individual e tocou para Nixon. O atacante ficou de frente para Getúlio Vatgas, mas chutou por cima do gol. De tanto insistir, os rubro-negros chegaram a vitória aos 41. Em falta cobrada por João Paulo para a área, o volante Ives raspou de cabeça ao tentar cortar, mas acabou colocando para a própria rede. O árbitro assinalou o gol para o lateral esquerdo.

FICHA TÉCNICA
BANGU 1 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 27 de março de 2013 (quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa (RJ) e Andréa Marcelino de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Celsinho, Ives e Getúlio Vargas (Bangu); Luiz Antônio, Rodolfo e Renato Abreu (Flamengo)
GOLS:
BANGU: Sérgio Júnior, aos três minutos do primeiro tempo
FLAMENGO: Rodolfo, aos 20 minutos do segundo tempo; João Paulo, aos 41 minutos do segundo tempo

BANGU: Getúlio Vargas; Celsinho, Raphael Azevedo, Carlos Renan e Bruno Santos; Ives, André Barreto (Gustavo), Mayaro (Willen) e Eudes (Nil); Hugo e Sergio Junior
Técnico: Cleimar Rocha

FLAMENGO: Felipe; Luiz Antonio (Renato Abreu), Alex Silva, Wallace e João Paulo; Amaral, Elias, Gabriel e Carlos Eduardo (Rodolfo); Rafinha e Hernane (Nixon)
Técnico: Jorginho