Tamanho do texto

Vitória de 1 a 0 diante dos colombianos deixa a equipe venezuelana na zona de repescagem para a Copa de 2014

Rondon comemora o gol da vitória da Venezuela sobre a Colômbia por 1 a 0
Getty Images
Rondon comemora o gol da vitória da Venezuela sobre a Colômbia por 1 a 0

A seleção da Venezuela não se assustou com o prestígio da Colômbia e venceu por 1 a 0, em partida disputada na noite desta terça-feira, no Estádio Chacamay, em Puerto Ordaz, pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa 2014. Com a vitória, a Venezuela chegou aos 15 pontos ganhos e e ocupa a quinta colocação, à frente do Uruguai que despencou na tabela.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Já a Colômbia caiu para a terceira posição com 19 pontos. Na próxima rodada, os venezuelanos vão enfrentar a Bolívia, em La Paz, enquanto os colombianos terão pela frente a Argentina, em Buenos Aires.

O gol da equipe venezuelana foi marcado logo aos 13 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Rondón foi lançado em profundidade, se livrou da marcação de Perea e chutou sem defesa para o goleiro Ospina. Depois de sofrer o gol, a Colômbia partiu para o ataque, mas a equipe viñotinto , apoiada por grande público, soube se defender com competência.


No segundo tempo, a Colômbia voltou mais agressiva e um chute de Falcao Garcia, aos 12 minutos, obrigou Hernandez a praticar grande defesa. A equipe da casa teve a chance de ampliar aos 22 minutos em chute de Fedor que passou muito perto do gol colombiano. Aos 29, o goleiro Ospina voltou a salvar os visitantes, ao defender, de forma espetacular, a conclusão de Vizcarrondo.

O time visitante seguiu buscando o gol do empate e ,aos 34 minutos, o artilheiro Falcao Garcia acertou o travessão. Nos minutos finais, a equipe venezuela desistiu de qualquer ambição ofensiva e passou a lutar, de forma desesperada, para segurar o resultado. A Colômbia seguiu pressionando e , aos 47 minutos, criou sua última chance para empatar, quando Bacca finalizou e Hernández fez a defesa que garantiu a importante vitória venezuelana, para delírio da sua entusiasmada torcida.