Tamanho do texto

Prazo estabelecido para alterações deste tipo é de 48 horas de antecedência. Presidente da Ferj defende medida, ressaltando caráter emergencial da situação

Com a decisão de interditar o Engenhão, anunciada nesta terça-feira pelo prefeito Eduardo Paes, o Estádio de São Januário, que pertence ao Vasco, vai mesmo receber os dois jogos da terceira rodada da Taça Rio. Além de Fluminense x Macaé, nesta quarta, às 19h30, o estádio vascaíno terá também Botafogo x Friburguense, nesta quinta.

Cobertura do Engenhão representa risco aos torcedores que vão ao estádio
Uanderson Fernandes / Agência O Dia
Cobertura do Engenhão representa risco aos torcedores que vão ao estádio

Leia ainda: Federação carioca transfere jogos de Fluminense e Botafogo para São Januário

A decisão, no entanto, vai de encontro ao Estatuto do Torcedor, que estabelece o prazo de 48 horas de antecedência para alterações desse tipo. O presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, Rubens Lopes, defendeu a medida, ressaltando o carater emergencial da situação.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O presidente Roberto Dinamite (do Vasco) entendeu a necessidade de uma solução rápida e imediata. Este é um caso de força maior e lá no Estatuto existe a previsão de emergência que permite remanejar o local. É uma alternativa no regulamento. Portanto, não estamos ferindo o Estatuto do Torcedor", garantiu Lopes.