Tamanho do texto

Vitória contra o Guarani aumentou as esperanças do time de BH para conseguir classificação

Nikão fez dois gols contra o Guarani
Site oficial
Nikão fez dois gols contra o Guarani

América-MG visita o xará de Teófilo Otoni pensado em chegar ao G4 do Mineiro Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG) Sexto colocado no Campeonato Mineiro, com nove pontos, o América-MG vai entrar em campo nesta quarta-feira disposto a chegar ao G4 do estadual. Para isso, o Coelho precisa vencer o xará de Teófilo Otoni, às 22h, em jogo marcado para o estádio Nassri Mattar. O time do técnico Paulo Comelli chega embalado para essa partida após golear o Guarani na rodada passada.

Deixe seu comentário para esta notícia

Para enfrentar o Dragão do Vale do Mucuri, o treinador do Tricolor poderá contar com o reforço do volante Leandro Ferreira, que está liberado para atuar após cumprir suspensão pelo excesso de cartões amarelos. Leandro Ferreira, porém, não tem lugar garantido no time americano, isso porque, Claudinei, Juninho e Doriva têm dado conta do recado no meio-campo.

O meia-atacante Nikão, autor de dois gols contra o Guarani pode ser a surpresa para iniciar o jogo em Teófilo Otoni, mas o jogador ainda não reúne 100% da condição física. Se Nikão ficar no banco de reservas, a opção de Paulo Comelli é Geovanni, que jogaria mais avançado, ao lado do avante Fábio Júnior.

Se vencer o xará, o América-MG vai pular para o quarto lugar na classificação, superando Tombense e Tupi. Para conquistar o objetivo, uma das armas do Coelho é neutralizar as jogadas aéreas do Dragão do Vale do Mucuri. O zagueiro Everton Luiz afirma que para o time americano sair vencedor e entrar no G4 do Mineiro, os erros terão que ser minimizados.

"A gente tem que entrar ligado. A equipe deles vai jogar para cima, porque dependem do resultado. Então, temos que estar atentos e ligados. Temos que marcar forte, para não sermos surpreendidos. Eu e o Lula conversamos sempre a respeito de bola parada, mas temos que estar ligados não só na bola aérea, mas em todas as jogadas criadas por eles. Nós sabemos que eles vão vir para cima e precisamos estar bem atentos", declarou.

Se o América da capital sonha com o G4 o América do interior quer é se manter vivo na elite Mineira. O Dragão é o lanterna da competição com apenas três pontos, e vem de derrota de virada para o Tupi, o que aumenta ainda mais a obrigação da equipe de conquistar um bom resultado em cima do Coelho nesta quarta-feira.

Preocupado com a situação do clube, o técnico Gilmar Estevam, chegou, inclusive, a entregar o cargo, mas foi convencido a permanecer na equipe. O treinador considera a partida como um jogo chave para as pretensões do América-TO dentro da competição, ou seja, a sua permanência na primeira divisão mineira.

"Com certeza será uma partida chave para o América-TO, que precisa reagir rapidamente na competição, e nada melhor que vencer uma equipe da capital para dar moral. Durante a semana tentamos corrigir os erros para não voltem a acontecer e que, assim, possamos reencontrar o caminho das vitórias", disse.

FICHA TÉCNICA - AMÉRICA-TO X AMÉRICA-MG

Local: Estádio Nassri Mattar, em Teófilo Otoni (MG)
Data: 27 de março de 2013 (quarta-feira)
Horário:
22h (horário de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza (CBF/FMF)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA/MG) e Breno Rodrigues (CBF/FMF)

AMÉRICA-TO: Raphael Barrios; Iran, Araújo, Ricardo Duarte, Rodrigo Sena e Daniel; Luisinho, Felipe Dias e Edilson; Anderson Grafite e Celinho  Técnico: Gilmar Estevam

AMÉRICA-MG: Neneca; Patrick, Everton Luiz, Lula e Wanderson; Claudinei, Doriva, Juninho e Rodriguinho; Nikão (Geovanni) e Fábio Júnior  Técnico: Paulo Comelli

    Leia tudo sobre: futebol