Tamanho do texto

Técnico aposta em trabalho duro para conseguir dar consistência à equipe antes da Copa

A seleção brasileira não jogou bem no empate por 1 a 1 com a Rússia , nesta segunda-feira, em Londres. A atuação, no entanto, não deixou o técnico Luiz Felipe Scolari preocupado. Pelo menos diante das câmeras, Felipão mostrou um otimismo inabalável para dizer que não percorrerá um trajeto mais curto para ser novamente campeão com o Brasil.

"Todos sabem que não existem atalhos para o sucesso de uma equipe. Teremos que vencer etapas. Estamos acrescentando algumas coisas com os amistosos, ganhando jogadores. Para chegar ao sucesso, precisaremos ir por etapas. Não adianta pensar de outra forma", avisou.

Felipão orienta a equipe durante empate com a Rússia
Mowa Press
Felipão orienta a equipe durante empate com a Rússia

Em teste final para “europeus”, seleção joga mal de novo e empata com a Rússia

O Brasil não tem tempo para escolher um caminho longo até se encontrar sob o comando de Felipão. Em formação, o time disputará a Copa das Confederações ainda neste ano e a Copa do Mundo em 2014."Já temos a confiança necessária dos torcedores brasileiros", contrariou Felipão.

"O que precisamos é continuar trabalhando com o grupo nos jogos com Bolívia e Chile para ter uma equipe mais forte e encorpada na Copa das Confederações. São as etapas que a gente vai passando. Acho que teremos um grupo melhor até lá", confiou.

O treinador também ressaltou as dificuldades que o Brasil enfrentou para arrancar um empate da Rússia. Na semana passada, a Seleção havia saído da Suíça com um 2 a 2 com a Itália após abrir dois gols de vantagem.

"Mantivemos o nível do jogo da Itália contra a Rússia, que tem uma equipe bem organizada, que ainda não levou gols nas Eliminatórias e marca bastante. Devido a uma série de fatores, dá para dizer que ficamos no mesmo nível do amistoso passado", avaliou Luiz Felipe Scolari.