Tamanho do texto

Philip Bennett alega ter sido desrespeitado pelo botafoguense e por isso o expulsou

Trecho da súmula em que o árbitro Philip Bennett relata a expulsão de Seedorf
Reprodução/FERJ
Trecho da súmula em que o árbitro Philip Bennett relata a expulsão de Seedorf

A Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) divulgou nesta segunda-feira a súmula do jogo entre Madureira e Botafogo no último domingo e que teve a polêmica expulsão de Seedorf pelo árbitro Philip Georg Bennett nos seus minutos finais.

Seedorf orienta o time contra o Madureira
Bruno Turano/Gazeta Press
Seedorf orienta o time contra o Madureira

Deixe seu comentário para esta notícia

Na súmula, Bennett justificou a expulsão (seguida pelo segundo cartão amarelo) alegando que o holandês teria o ofendido. “Você está de palhaçada! Vou sair por lá! Saio por onde eu quiser!”, relatou o árbitro no documento.

No lance, já nos acréscimos do segundo tempo, Seedorf seria substituído por André Bahia, mas uma contusão de Cidinho fez com que a alteração do técnico Oswaldo de Oliveira fosse outra. Bennett diz na súmula que mandou Seedorf sair de campo "após ter recebido a informação de que ele seria substituído". 

Cidinho já havia saído de maca para ser substituído pelo zagueiro. Ou seja, Seedorf não precisaria sair de campo. O árbitro, contudo, alegou que o holandês estaria retardando o reinício da partida.