Tamanho do texto

Com a vitória desta quinta, equipe de Muricy Ramalho chegou aos 27 pontos e segue como vice-líder do Paulistão

Mesmo sem apresentar um grande futebol, o Santos, desfalcado de jogadores importantes como Cícero, Montillo e, principalmente, Neymar, venceu o Mirassol, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro. O time visitante saiu na frente com André Luis, mas viu Giva marcar os dois gols que decretaram a virada do Peixe.

Porém, o segundo gol do jovem atacante foi irregular. Após o chute de Giva, Patito Rodriguez, em posição de impedimento, fez um corta-luz, que atrapalhou o goleiro Emerson, do Mirassol. O árbitro Rodrigo Braghetto confirmou o gol, após um de seus assistentes invalidar o lance.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O jovem Giva foi o nome do jogo ao marcar dois gols para o Santos
Ricardo Saibun/ Gazeta Press
O jovem Giva foi o nome do jogo ao marcar dois gols para o Santos

O triunfo fez os santistas subirem para a segunda colocação, com 27 pontos. O Mirassol se manteve na 15ª posição, com apenas 12 pontos ganhos.

Na próxima rodada, os alvinegros fazem o clássico com o Palmeiras, domingo, às 16 horas (horário de Brasília), no Pacaembu. No mesmo dia, o Leão da Alta Araraquarense visita o Mogi Mirim, às 18h30, no Romildão.

O jogo
O Mirassol iniciou o jogo assustando. Em cobrança de falta, logo no primeiro minuto, Pio acertou a trave de Rafael, que falhou no lance. A bola tocou no poste e saiu pela linha de fundo.

Mas, depois de ver o Leão da Alta Araraquarense levar perigo no início da partida, o Santos respondeu e teve boas chances para balançar as redes. Aos nove, Giva invadiu a área, fez o cruzamento e Miralles completou parao gol, mas viu o goleiro Emerson fazer a defesa. No minuto seguinte, Léo recuperou a bola para o Peixe e invadiu a área, tocando por cima do arqueiro, só que a zaga do Mirassol afastou o perigo.

No entanto, após os santistas criarem boas oportunidades, o Leão da Alta Araraquarense voltou a se lançar no ataque. Primeiro, aos 19, Tiago Luis fez boa jogada individual pela direita e quase abriu o placar. O goleiro Rafael evitou o gol, tocando a bola para a linha de fundo.

Na cobrança do escanteio, um minuto depois, o Mirassol chegou ao gol. André Luis aproveitou a falha da zaga alvinegra e marcou para os visitantes.

Com a desvantagem no placar, o Santos passou a encontrar dificuldades para furar o forte sistema defensivo montado pelo time do Interior. Mesmo com Felipe Anderson, Patito Rodrigues e Giva buscando o jogo, com bastante movimentação, a marcação do Leão da Alta Araraquarense era eficiente.

Porém, pouco antes do intervalo, a equipe praiana ainda conseguiu chegar ao empate. Aos 41, Felipe Anderson cobrou escanteio para Giva, que se antecipou em relação aos zagueiros adversários e desviou de cabeça, superando o goleiro Emerson para deixar tudo igual no placar da Vila: 1 a 1.

No último lance do primeiro tempo, entretanto, o Mirassol voltaria a assustar, quase anotando o seu segundo gol. Em cobrança de falta, Pio soltou a bomba e a bola passou muito próxima a trave do gol defendido por Rafael.

Na volta para a etapa complementar, os dois times voltaram em ritmo mais lento. Com isso, as chances de gol ficaram mais escassas.

O Leão da Alta Araraquarense teve uma boa oportunidade aos 16, quando Pio cobrou falta rasteira e André Luis deu um carrinho, tentando alcançar a bola. Mas o atacante não conseguiu completar o lance e o Mirassol não alcançou o seu segundo gol no duelo.

Apesar das poucas chances no segundo tempo, o Peixe conseguiu chegar ao segundo gol. Aos 29, Giva precisou chutar duas vezes para vencer Emerson. Porém, o gol foi irregular. Patito Rodriguez fez um corta-luz que atrapalhou o goleiro Emerson. Um dos assistentes sinalizou o impedimento, mas o árbitro Rodrigo Braghetto confirmou o gol.

Destaque do jogo, Giva deixou o gramado com câimbras, aos 39, substituído por outra promessa santista: Neílton, que fez a sua estreia no elenco profissional. Antes, o técnico Muricy Ramalho já havia sacado Miralles para a entrada de André. Do outro lado, o treinador Ivan Baitello promoveu as entradas de Mineiro, Caion e Adilson Bahia, que entraram nas vagas de Camilo, Glauber e Tiago Luis, respectivamente.

No final do confronto, o Alvinegro Praiano ainda perdeu os meias Felipe Anderson e Patito Rodriguez expulsos. Mas o Santos conseguiu administrar o resultado, mesmo com a pressão dos visitantes nos últimos minutos, conquistando mais uma vitória no Campeonato Paulista.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 MIRASSOL

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 21 de março de 2013 (quinta-feira)
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa
Público: 3.436 pagantes
Renda: R$ 92.560,00
Cartões amarelos: Felipe Anderson (Santos); Emerson e Diogo (Mirassol)
Cartões vermelhos: Felipe Anderson e Patito Rodriguez (Santos)
GOLS:
SANTOS: Giva, aos 41 minutos do primeiro tempo e aos 29 minutos do segundo tempo
MIRASSOL: André Luis, aos 20 minutos do primeiro tempo

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Patito Rodriguez e Felipe Anderson; Miralles (André) e Giva (Neílton)
Técnico: Muricy Ramalho

MIRASSOL: Emerson; Pio, Leonardo, Gian e Diogo; Alex Silva, Glauber (Caion), Camilo (Mineiro) e Leomir; André Luis e Tiago Luis (Adilson Bahia)
Técnico: Ivan Baitello

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.