Tamanho do texto

Empate em 3 a 3 mantém delicada a situação da seleção portuguesa. Atual posição no grupo F a deixaria fora da Copa do Mundo de 2014

Cristiano Ronaldo passou em branco contra Israel
AP
Cristiano Ronaldo passou em branco contra Israel

Portugal, correu riscos, mas ainda respira nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. Nesta sexta-feira, depois de abrir o placar e sofrer a virada por 3 a 1 para Israel, fora de casa, a seleção lusitana buscou o empate aos 47 minutos do segundo tempo, com Fábio Coentrão, e manteve vivas as chances de se classificar para o Mundial no Brasil no ano que vem.

Deixe seu comentário para este jogo. Portugal consegue a classificação?

O empate em 3 a 3 deixa a seleção de Cristiano Ronaldo na terceira posição do Grupo F das eliminatórias europeias com oito pontos, mesmo número dos israelenses, vice-líderes do grupo no saldo de gols. A Rússia, com 12 pontos, lidera a chave. Apenas o primeiro colocado do grupo garante vaga direta na Copa do Mundo. O segundo colocado precisará passar por uma repescagem. 

Israel joga na terça-feira contra a Irlanda do Norte, fora de casa. Já Portugal visita o Azerbaijão na mesma data. A Rússia joga neste sábado contra a Irlanda do Norte em Belfast. 

O jogo
A igualdade com o time de Cristiano Ronaldo, porém, começou com revés. Logo aos três minutos do primeiro tempo, o zagueiro Bruno Alves se aproveitou de escanteio e, de cabeça, abriu o placar para os visitantes, dando indícios de que um triunfo rubro-verde já poderia ser certo.

No entanto, a reação veio aos 24, quando Hemed recebeu passe na área, girou para se livrar da marcação e mandou a bola para o fundo da rede, explodindo o estádio. Empolgado, Israel virou 15 minutos depois, com Bem Basat, que, com espaço na área adversária, arriscou e acertou belo chute: 2 a 1.

Já sem muita força, Portugal viu sua situação piorar aos 24 da etapa complementar, quando Gershon deu um leve desvio de cabeça, após escanteio, e encobriu Rui Patrício. O ânimo e o fôlego visitantes só vieram através de sua estrela maior, Cristiano Ronaldo.

Aos 27, o craque do Real Madrid fez ótima jogada para deixar Hélder Postiga na cara do gol. O tento empolgou os comandados de Paulo Bento, que pressionaram em busca do empate: já aos 47, Fábio Coentrão, depois de confusão, deixou tudo igual, meio que ‘sem querer’.