Tamanho do texto

Segundo o treinador, o meia do Real Madrid deverá entrar no decorrer do jogo contra os italianos e provavelmente será testado como titular diante da Rússia

A Seleção Brasileira já está escalada para o amistoso contra a Itália, na quinta-feira, na cidade suíça de Genebra. O técnico Luiz Felipe Scolari definiu a formação de sua equipe - sem o meia Kaká, mas com três atacantes - no último treinamento que comandou antes da partida, nesta quarta-feira, em Nyon.

E mais: Felipão ri da sugestão de Pelé: "Ele deve ter algum amigo no Corinthians"

Segundo Felipão, Kaká deverá entrar no decorrer do jogo contra os italianos e provavelmente será testado como titular diante da Rússia, no dia 25. Oscar, do Chelsea, iniciará a partida desta quinta-feira como único armador da Seleção Brasileira.

No ataque, o Brasil atuará com Neymar e Hulk mais abertos. A ideia é que os dois se movimentem bastante, como ocorria quando o comandante da Seleção era Mano Menezes. O artilheiro Fred é a aposta de Felipão como homem de referência no setor ofensivo.

Com os desfalques dos lesionados Paulinho e Ramires no meio-campo, o Brasil terá uma nova dupla de volantes. Felipão já havia indicado que mexeria no setor, pois achou o seu time muito exposto na derrota por 2 a 1 para a Inglaterra.

Você deixaria Kaká no banco de reservas? Comente e opine

Os escolhidos para a contenção do meio-campo foram Fernando, do Grêmio, e Hernanes, da italiana Lazio. A dupla dará sustentação para a zaga composta por David Luiz e Dante - o atleta do alemão Bayern de Munique ganhou o espaço que seria de Thiago Silva, ainda sem as suas melhores condições físicas.

Felipão descartou escalar a Seleção Brasileira com três zagueiros, conforme havia cogitado. O técnico reprovou o teste que fez na terça-feira e só voltará a investir na formação se David Luiz atuar mais avançado, na condição de volante.

Confira a escalação do Brasil para enfrentar a Itália: Júlio César; Daniel Alves, Dante, David Luiz e Filipe Luís; Fernando, Hernanes e Oscar; Hulk, Fred e Neymar.