Tamanho do texto

Treinador fez algumas mudanças na defesa e meio campo, mas tem equipe já definida

Balotelli e El Shaarawy, colegas de Milan, brincam em treino da Itália nesta terça-feira
Claudio Villa/Getty Images
Balotelli e El Shaarawy, colegas de Milan, brincam em treino da Itália nesta terça-feira

O treinador Cesare Prandelli parece ter definido a seleção italiana que enfrenta o Brasil nesta quinta-feira, em Genebra, na Suíça. Nesta terça, o comandante italiano fez um trabalho tático, no qual indicou quem deve iniciar a partida. Sem maiores surpresas, o adversário brasileiro deve jogar com três volantes, enquanto que Marchisio será o responsável por servir a dupla de ataque Balotteli e Osvaldo.

Deixe xeu comentário para esta notícia

Após o aquecimento inicial, Cesare Prandelli comandou uma atividade tática de ataque contra defesa. No setor defensivo, o treinador iniciou com Maggio, Barzagli, Bonucci e De Sciglio, que logo deram lugar a outro quarteto formado por: Abate, Ranocchia, Astori e Antonelli. No ataque, Diamanti jogou como armador da dupla El Shaarawy e Gilardino, já Giovinco foi o responsável por armar as jogadas do ataque composto por Osvaldo e Balotelli.

Na última parte do treinamento em Coverciano, tradicional "casa" da seleção italiana, Balotelli, Diamanti, Pirlo e Osvaldo ainda treinaram finalizações, sob os olhares do comandante Prandelli. A única ausência na atividade foi o zagueiro Chiellini, que ainda se recupera de lesão e foi poupado nesta terça.

Desta forma, a Itália deve enfrentar o Brasil no 4-3-1-2, com Buffon, Maggio, Barzagli, Bonucci e De Sciglio; Pirlo, De Rossi, Marchisio e Montolivo; Osvaldo e Balotelli. Nesta quarta, a delegação da seleção italiana volta a treinar pela manhã e viaja em um voo fretado para Genebra, local do amistoso internacional.

Veja as fotos do treino do Brasil nesta terça-feira na Suíça