Tamanho do texto

Zagueiro palmeirense comemorou o empate conquistado fora de casa diante do São Caetano, neste domingo

O empate contra o último colocado do Campeonato Paulista não abalou a confiança do zagueiro Mauricio Ramos. Apesar do placar por 1 a 1 contra o São Caetano, o jogador ficou satisfeito com a vontade exibida pelo Palmeiras no estádio Anacleto Campanella.

Leia mais: Henrique se desculpa por erro no pênalti e revela medo de escorregar

"Dou parabéns para o grupo, porque conquistamos um ponto fora de casa. Tivemos mais posse e, infelizmente, não fizemos o segundo gol, mas nossa equipe se doou e foi superior. Está faltando sorte e creio que Deus vai nos dar mais um pouquinho", afirmou.

O Palmeiras foi melhor no jogo, até por conta da fragilidade do São Caetano. Mesmo assim, o Azulão não perdoou as falhas ofensivas do adversário e saiu na frente no placar. No segundo tempo, Leandro empatou. Assim como Mauricio Ramos, o meio-campista Wesley se conformou com o resultado.

"Futebol é complicado. Às vezes, não acontece do jeito que queremos. Quando perdemos o pênalti, o São Caetano entrou no jogo. O empate não foi o que queríamos, mas vamos dar continuidade", afirmou.

Quando o placar estava inalterado, Henrique bateu um pênalti para fora. Diante de um público de apenas 2.360 torcedores pagantes, Wesley evitou dar desculpas para justificar o resultado obtido no estádio Anacleto Campanella.

"O campo molhado prejudicou um pouco, mas não vamos dar como desculpa. Tivemos oportunidades e (o segundo gol) não aconteceu. Mas estamos no caminho certo, com todo mundo unido. O Palmeiras só tem a crescer", encerrou.