Tamanho do texto

Com placar, time comandado por Abel Braga encerra série de resultados negativos e começa bem o segundo turno do Campeonato Carioca

Bruno comemora em campo a vitória do Fluminense sobre o Audax pela Taça Rio
Rossana Fraga/Photocamera
Bruno comemora em campo a vitória do Fluminense sobre o Audax pela Taça Rio

Sob chuva forte no Engenhão, o Fluminense não fez grande exibição, mas venceu por 1 a 0 o Audax, neste domingo, na abertura da Taça Rio. Com um gol de Wellington Nem no segundo tempo, os tricolores acabaram com a sequência de resultados negativos. Com isso, a equipe comandada por Abel Braga inicia bem a trajetória no segundo turno do Campeonato Carioca.

O que achou da vitória do Fluminense? Deixe seu recado

Os donos da casa foram melhores em boa parte da partida, mas mais uma vez desperdiçaram algumas chances claras de gol. A vitória só foi construída no início do segundo tempo, com Wellington Nem aproveitando cruzamento do lateral direito Bruno.

Na próxima rodada, o Fluminense vai até Macaé para encarar o Duque de Caxias, no domingo. Já o Audax vai enfrentar o Bangu, em Moça Bonita, no sábado.

O jogo

O Fluminense começou a buscando impor uma pressão sobre o Audax. Os tricolores criaram sua primeira chance de gol logo com cinco minutos, quando Fred aproveitou bola rebatida na área, mas chutou mal, facilitando a defesa de Rafael Sandes. Dois minutos depois, o atacante teve outra chance de abrir o placar ao receber bom passe de Wagner. No entanto, ele chutou cruzado, para fora.

O Audax conseguiu melhorar a marcação e passou a sair com mais facilidade ao ataque. O time da Baixada Fluminense ainda critou boas jogadas, mas sempre parou em defesas seguras de Diego Cavalieri.

No meio da etapa inicial a partida caiu de nível, principalmente por causa da forte chuva que caiu no Engenhão. Somente na parte final, o duelo voltou a ficar bom. O Audax aproveitou contra-ataques para quase fazer o primeiro gol do jogo em duas chances. Na primeira oportunidade, Hyuri recebeu livre, penetrou na área, mas ao finalizar viu Diego Cavalieri fazer grande defesa. Depois, foi a vez de Denílson ser lançado e parar no goleiro tricolor.

Os lances acordaram o Fluminense, que nos minutos finais voltou a pressionar o Audax em seu campo. No entanto, os tricolores não criaram nenhuma boa chance e acabaram indo para o intervalo com aigualdade no placar.

No segundo tempo, o Fluminense voltou com tudo e deperdiçou três chances em dois minutos. Primeiro, Wellington Nem aproveitou cruzamento e cabeceou perto do gol do Audax. Depois, foi a vez de Jean arriscar de fora da área e acertar o travessão de Rafael Sandes. No rebote, Wellington NEm chutou cruzado, mas para fora. Não demorou muito e os tricolores abriram o placar, aos sete. Bruno recebeu pela direita e cruzou para Wellington Nem se esticar e colocar para a rede.

Com a vantagem no placar, os donos da casa se acalmaram e diminuíram o ritmo da partida. O Audax ainda buscava o ataque, mas pecava no momento de finalizar. Os visitantes só conseguiram levar perigo aos 22 minutos, quando Denílson recebeu bola na área, pela direita e chutou para boa defesa de Diego Cavalieri.

A resposta do Fluminense veio aos 29 minutos, quando Wellington Nem cruzou pela esquerda para Wagner, que acertou a trave direita de Rafael Sandes. No rebote, a bola sobrou para Leandro Euzébio, que acertou a trave esquerda do Audax. Depois disso, os tricolores voltaram a dominar e perder nova chance, com Fred.

Nos minutos finais, os donos da casa passaram a administrar o resultado. O Audax ainda tentou esboçar uma pressão, mas não ameaçou o goleiro Diego Cavalieri e ainda perdeu o zagueiro Fabiano Eller, expulso por reclamação. Assim, o Fluminense saiu de campo com os três pontos.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 0 AUDAX

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 17 de março de 2013, domingo
Horário : 18h30 (de Brasília)
Árbitro : Antônio Frederico de Carvalho Schneider (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Ediney Guerreiro Mascarenhas (ambos do RJ)
Público: 4,735 presentes
Renda : R$ 38.630,00
Cartões amarelos: Carlinhos e Wellington Nem (Fluminense); Denílson e Camacho (Audax)
Cartão vermelho: Fabiano Eller (Audax)

GOL - FLUMINENSE: Wellington Nem, aos 7min do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno (Wallace), Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Rhayner (Rafael Sóbis) e Wagner (Felipe); Wellington Nem e Fred
Técnico: Abel Braga

AUDAX: Rafael Sandes; Adriano, Anderson Luis, Fabiano Eller e Diego Maia; Andrade, Leandro Bomfim (Wellington) e Camacho; Hyuri (Bruno Andrade), Rômulo (André) e Denilson
Técnico: Maurício Barbieri