Tamanho do texto

Totalmente concentrado na Libertadores, time de Luxemburgo vai ao Beira-Rio até com técnico "reserva"

Já está virando tradição no Rio Grande do Sul: quem disputa a Copa Libertadores da América, joga o primeiro Gre-Nal do Gauchão com reservas. Em 2011, Grêmio e Inter fizeram um clássico com times suplentes em Rivera, quando ambos jogavam a competição continental. No ano passado, em meio à Libertadores, o Colorado entrou com um time frio para enfrentar o Grêmio no Olímpico. Desta vez, é o Tricolor que disputa a Libertadores, deixando o primeiro clássico do ano para os seus reservas. A partida ocorrerá neste domingo, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim.

Antes da chegada ao Grêmio, Roger já estava tentando trabalhar ao lado de Vanderlei Luxemburgo
Lucas Uebel/Site oficial do Grêmio
Antes da chegada ao Grêmio, Roger já estava tentando trabalhar ao lado de Vanderlei Luxemburgo

Até agora, o time B do Grêmio, formado por suplentes e juniores do clube, faz má campanha no estadual. Em três jogos, ganhou um e perdeu dois. Nesta quinta-feira, a equipe foi goleada por 4 a 0 pelo São Luiz. O time deve receber reforços para o clássico de domingo, mas nesta conta não entra nenhum dos titulares que enfrentaram a LDU, na última quarta, pela Libertadores.

"O planejamento é o mesmo, está feito e será mantido. Esses meninos já deram mostras de que são capazes de representar bem o clube diante de qualquer situação. Se nesse momento nós tivemos um tropeço com esses meninos, é com eles que a gente vai buscar a recuperação e conquistar um bom resultado no fim de semana", afirmou Roger, auxiliar de Vanderlei Luxemburgo, que será o técnico tricolor no clássico.

Roger tem bom retrospecto como técnico em Gre-Nais. Nos dois clássicos em que atuou como interino, venceu ambos por 2 a 1. Para o jogo deste domingo, a equipe deve contar com nomes que estão inscritos na Libertadores. Sete reservas da partida contra a LDU se juntam ao time B em Ijuí para treinar para o clássico: Busatto, Tony, Grolli, Misael, Jean Deretti, Leandro e Willian José.

Se o Grêmio não muda o seu planejamento em virtude do clássico, o Internacional não muda o seu pelo fato de o rival vir com reservas. Após o empate em 0 a 0 com o Novo Hamburgo, primeiro jogo do Inter com titulares em 2013, o técnico Dunga, que fará seu primeiro clássico como treinador, confirmou que mandará a campo o que tem de melhor neste domingo. A tendência é pela manutenção de quase toda a equipe que jogou quarta, em Gravataí.

A única mudança em relação ao jogo do meio de semana é a volta do zagueiro Índio ao time titular. Lesionado, ele não atuou contra o Novo Hamburgo, mas treinou bem após a partida e assumirá o lugar de Ronaldo Alves na zaga, formando dupla com Rodrigo Moledo. O lateral direito Gabriel sentiu dores após sua estreia, mas deve jogar normalmente.

Presença certa é a de Diego Forlán. O uruguaio foi autorizado a se apresentar para a Celeste (que enfrentará a Espanha na quarta que vem) apenas na segunda-feira, podendo assim disputar o Gre-Nal. No meio, a tendência é pela manutenção da formação com apenas um volante e três meias.

FICHA TÉCNICA  -  INTERNACIONAL X GRÊMIO

Local:  Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS) 
Data:  3 de fevereiro de 2013, domingo
Horário:  17 horas (de Brasília) 
Árbitro:  Fabrício Neves Corrêa 
Assistentes:  José Franco Filho e Rafael da Silva Alves

INTERNACIONAL:  Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Ronaldo Alves (Índio) e Fabrício; Willians, Fred, Dátolo e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião. 
Técnico:  Dunga

GRÊMIO:  Busatto; Tony, Grolli, Werley e Léo Gago; Ramiro, Misael, Rondinelly e Jean Deretti; Leandro e Willian José. 
Técnico:  Roger