Tamanho do texto

Zagueiro está preso na Alemanha por ter incendiado a própria casa, mas clube do Morumbi já registou novo contrato

Breno cumpre pena na Alemanha
Reuters
Breno cumpre pena na Alemanha

O São Paulo já tem um contrato com o zagueiro Breno, revelado no próprio clube e negociado com o Bayern de Munique no final de 2007. O novo acordo já aparece registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e tem duração até outubro de 2015.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

A questão, no entanto, é que o São Paulo precisa aguardar nova decisão da Justiça alemã. No momento, Breno, de 23 anos, está preso no país europeu por ter incendiado a própria casa. O fato ocorreu em setembro de 2011.

Julgado em julho deste ano pelo Tribunal Distrital de Munique, o zagueiro pegou três anos e nove meses de prisão. Ele está recorrendo da pena.

Revelação do Campeonato Brasileiro de 2007, quando o São Paulo conquistou o bicampeonato, Breno foi negociado com o Bayern de Munique por US$ 19 milhões (cerca de R$ 40 milhões).

Em nota divulgada na noite desta quinta-feira, a diretoria do São Paulo explica que firmou contrato de três anos com Breno a fim de dar respaldo a um jogador revelado pelo clube. E que vai respeitar as decisões da Justiça alemã. "Tão logo o atleta tenha condição de regressar ao país, passará a exercer regularmente suas atividades no clube e terá isso refletido na remuneração inicialmente ajustada".

Leia a seguir o comunicado do São Paulo:

O São Paulo Futebol Clube vem por meio desta elucidar ao público o contrato profissional estabelecido com o atleta Breno Vinícius Rodrigues Borges, registrado na Confederação Brasileira de Futebol e divulgado no Boletim Informativo Diário da entidade na última quinta-feira (20).

Reiteradas vezes o São Paulo Futebol Clube demonstrou publicamente sua solidariedade com relação à situação vivida pelo atleta na Alemanha, onde Breno reside há quatro anos, desde que deixou o futebol brasileiro em uma transferência que envolveu grandes cifras.

Respeitando incondicionalmente todos os aspectos que tangem a atual posição do atleta com a justiça alemã, o Clube procurou a forma mais eficaz de oferecer respaldo não somente ao jogador, mas também aos seus familiares.

Por isso, recomendado e referendado por seu departamento jurídico, o São Paulo Futebol Clube firmou com o atleta um vínculo válido por três temporadas visando dar segurança, estabilidade e acima de tudo perspectiva para o jogador.

Historicamente o São Paulo Futebol Clube sempre procurou assistir seus atletas que por algum motivo precisaram de um suporte adicional ao que o clube oferece habitualmente.

O Clube seguirá acompanhando a situação de Breno e reitera sua confiança na justiça alemã para que a situação do atleta tenha a resolução mais adequada possível, esclarecendo que, tão logo o atleta tenha condição de regressar ao país, passará a exercer regularmente suas atividades no clube e terá isso refletido na remuneração inicialmente ajustada.


*Com a Gazeta Esportiva

    Leia tudo sobre: Bayern de Munique