Tamanho do texto

Técnico vem conversando cada vez mais com o chinês, orientando o jogador a não ter medo de se chocar com os adversários

O meia-atacante Zizao está nos planos do técnico Tite para este Campeonato Brasileiro. Depois de ter deixado o jogador mais vez no banco do Corinthians, na noite desta quarta-feira, na vitória contra o Flamengo , o treinador explicou que espera apenas o momento adequado para utilizar o chinês. "O torcedor quer (vê-lo em campo), assim como eu e os colegas de clube também queremos. Preciso encontrar o momento, este é o grande desafio de quem comanda. Vai surgir a hora", afirmou.

E MAIS: Corinthians vira contra Flamengo e fica a uma vitória da folga antes do Mundial

Zizao ficou no banco contra o Flamengo
Gazeta Press
Zizao ficou no banco contra o Flamengo

Tite vem conversando cada vez mais com Zizao, orientando o jogador a não ter medo de se chocar com os adversários. O treinador quer tirar a timidez do atleta nos lances de maior contato físico.

Apesar de ter iniciado sua trajetória pelo Alvinegro em março, o chinês ficou no banco de reservas apenas em três oportunidades. Diante do Flamengo, Tite até cogitou colocá-lo, mas, quando o Timão abriu a vantagem de 3 a 1, todas as substituições possíveis já estavam sacramentadas (o Rubro-negro ainda descontou nos acréscimos).

VEJA:  Liedson não comemora gol pelo Flamengo e declara amor ao Corinthians

Desde a metade do segundo tempo, a Fiel pediu a entrada do meia-atacante, mas o comandante preferiu usar as alterações para as estreias de Chiquinho e Anderson Polga nos lugares de Romarinho e Douglas - a outra substituição foi Guilherme Andrade no posto de Guilherme.

"Também tenho carinho pelo Zizao e quero agradecer ao torcedor corintiano, que ficou apoiando o tempo inteiro. Daqui a pouco, ele vai ter oportunidade. O Polga poderia ter entrado no jogo passado, mas não pôde. Cada um tem seu momento e vai chegar o dele também", acrescentou.

Tite poderá fazer a estreia do chinês nas partidas em que poupar os titulares neste Campeonato Brasileiro. Até lá, planeja dar ainda mais noção tática ao meia-atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.