Tamanho do texto

Segundo o treinador da Portuguesa, a arbitragem tem sido decisiva em partidas importantes que acabaram em tropeços do time do Canindé.

O técnico Geninho disparou contra o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva após a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro no Estádio do Melão, em Varginha, nesta quarta. Segundo o treinador da Portuguesa, a arbitragem tem sido decisiva em partidas importantes que acabaram em tropeços do time do Canindé.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Como vamos ganhar quando outro time precisa? Um time grande como o Cruzeiro, beirando uma crise, com o mesmo tanto de pontos da Portuguesa, não podia perder um jogo desses. É aí que o juiz faz a diferença", reclama.

Geninho faz bom trabalho no Bahia
AE
Geninho faz bom trabalho no Bahia

O atacante Bruno Mineiro, que reclamou de dois pênaltis no decorrer da partida, passou em branco na partida em Varginha. O artilheiro do Campeonato Brasileiro chegou a marcar, mas teve o gol anulado após o auxiliar Márcio Gleidson Correia Dias assinalar impedimento do lateral Marcelo Cordeiro no lance.

Leia mais:  Cruzeiro supera Portuguesa e acaba com jejum de vitórias no Brasileirão

"Esse tipo de coisa tem que deixar para a diretoria falar. Todo mundo viu que o gol foi legítimo. Isso atrapalha o trabalho que a gente faz, mas temos que levantar a cabeça", cobra o camisa nove.

O jogador ainda exaltou a atuação da Portuguesa na partida. A Lusa dominou boa parte do segundo tempo, assustando o goleiro Fábio em mais de uma oportunidade. "Jogamos de igual para igual, só que eles tiveram as oportunidades no pênalti e no final do jogo e aproveitaram. Jogamos bem e temos que levantar a cabeça para pensar no próximo jogo", conclui.

Confira as imagens dos jogos desta quarta-feira:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas