Tamanho do texto

Pelo Campeonato Brasileiro, a equipe mineira não conquista uma vitória há sete partidas

Roth quer acertar o ataque do Cruzeiro
Futura Press
Roth quer acertar o ataque do Cruzeiro

O Cruzeiro não vence há sete rodadas, situação que tem incomodado a todos dentro do clube. A equipe mineira quer acabar com o jejum de vitórias nesta quarta-feira, quando enfrenta a Portuguesa, às 19h30 (de Brasília), no estádio Melão, em Varginha. O Cruzeiro ainda cumpre punição de perda mando de campo e vai mandar a partida no Sul de Minas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O zagueiro Mateus preferia atuar em Belo Horizonte, perto da torcida cruzeirense. No entanto, o jogador evitou atribuir as derrotas à perda de mando de campo. Segundo ele, os atletas estão conscientes de que chegou o momento de voltar a vencer na competição. Mateus afirma que, devido ao mau momento celeste, ele tem evitado até sair pelas ruas para evitar as cobranças excessivas do torcedor.

"Teve uma reunião e a gente conversou. São sete jogos sem vencer e todo mundo está chateado. Posso dizer que dá até vergonha de sair na rua. Nós jogadores temos nos cobrado bastante por causa dos erros. Mas a conversa foi para lavar a roupa suja, não ter mais erros e vencer", declarou. Depois de repetir o time nos jogos contra Grêmio e Internacional, o técnico Celso Roth será forçado a fazer mudanças na equipe. O lateral-direito Ceará ainda sente dores no tornozelo direito e foi vetado pelo departamento médico. Durante a semana, o comandante cruzeirense testou Mayke na posição, mas ainda não confirmou se o jovem jogador vai começar a partida.

Leia mais:  Cruzeiro volta aos treinos com coletivo e sob cobranças da diretoria

O zagueiro Léo, que vinha sendo improvisado no lateral, recebeu o terceiro cartão amarelo e também vai desfalcar o Cruzeiro contra a Lusa. O uruguaio Victorino serve à seleção uruguaia e é outro problema para o treinador Celso Roth, que deve escalar Mateus e Thiago Carvalho, formando a defesa do time mineiro.

Com 36 pontos e na 11º colocação, a Portuguesa ainda não se livrou do risco de rebaixamento, objetivo que o time quer conquistar o mais rápido possível. Uma vitória contra o Cruzeiro será importante neste sentido, já que um triunfo fará com que os rubro-verdes ultrapassem os mineiros na tabela. O técnico Geninho comemorou o fato de a partida ser em Varginha e afirmou que é um jogo para a Lusa somar três pontos.

Veja também:  Alex irá ouvir proposta do Cruzeiro antes de decidir futuro, diz presidente

"Nós estamos nos distanciando do rebaixamento, e contra o Cruzeiro é para somar mais três pontos. É chegar na zona de tranquilidade contra o rebaixamento, para poder buscar outro objetivo. Quando atingirmos 45 pontos, vamos ver o que fazer. Quem tem acompanhado a Portuguesa vê que não mudamos a forma de jogar. Vamos tentar incomodar o Cruzeiro. Ainda bem que não é no Mineirão. Varginha é mais neutro", analisou.

Para medir forças contra a equipe mineira, a Portuguesa terá o desfalque do lateral-direito Luís Ricardo, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo e irá cumprir suspensão automática. Se a defesa tem problemas, o ataque vai muito bem, principalmente com Bruno Mineiro, que é o artilheiro do Brasileiro e conhece o Cruzeiro, já que atuou em Belo Horizonte, defendendo as cores do América-MG.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X PORTUGUESA
Local: Estádio Melão, em Varginha (MG) 
Data: 10 de outubro de 2012 (quarta-feira) 
Horário: 19h30 (horário de Brasília) 
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA) 
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Márcio Gleidson Correia Dias (PA) 

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Mateus, Thiago Carvalho e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Souza e Montillo; Anselmo Ramon e Borges 
Técnico: Celso Roth

PORTUGUESA: Dida; Alê, Gustavo, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Léo Silva, Michael e Moisés; Ananias e Bruno Mineiro
Técnico: Geninho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.