Tamanho do texto

Além disso, a entidade está preocupada com a maneira que os patrocinadores aproveitarão a cota de ingressos que terão a disposição

Em meio aos preparativos para a Copa do Mundo de 2014 , a Fifa estuda medidas que garantam os estádios lotados no torneio em território brasileiro. Buscando minimizar o número de lugares vazios, a entidade divulgou que os torcedores que comprarem ingressos poderão vender aqueles que não utilizarão durante o Mundial.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros internautas do iG

A medida foi tomada após os Jogos Olímpicos de Londres, na Inglaterra, e a Eurocopa, na Polônia e na Ucrânia, terem algumas disputas sem os estádios lotados.

Veja fotos do andamento das obras dos estádios da Copa 2014 :

Além disso, a Fifa está preocupada com a maneira que os patrocinadores aproveitarão a cota de ingressos que terão a disposição. Segundo o diretor de marketing da entidade, Thierry Weil, os anunciantes deverão ser transparentes em relação ao uso das entradas.

E MAIS: Ronaldo prevê "melhor Copa de todos os tempos" no Brasil, mas duvida do hexa

"O que esperamos dos anunciantes é que sejam sinceros conosco sobre quem comparecerá ao estádio e quem não vai. Queremos que nos digam antecipadamente quantos ingressos usarão e quantos não, para podermos redistribuir esses lugares", disse.

VOCÊ VIU?  Furado em Brasília, mascote da Copa 2014 sofre vandalismo pela 2ª vez

Os preços dos ingressos para a Copa do Mundo de 2014 serão divulgados em novembro. Assim como ocorreu no Mundial da África do Sul, em 2010, a previsão é de que existam entradas de baixo custo, visando acesso das pessoas com menor poder financeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas