Tamanho do texto

Agora, o atual campeão da Copa Libertadores detém 50% dos direitos do volante que está na seleção brasileira

Paulinho celebra gol do Corinthians
Futura Press
Paulinho celebra gol do Corinthians

O Corinthians formalizou nesta terça-feira o novo contrato do volante Paulinho. Depois de ter feito um acordo em agosto para adquirir 50% dos direitos do jogador por cerca de R$ 15 milhões, o clube do Parque São Jorge acertou os detalhes que faltavam e registrou o acordo com o atleta na CBF.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Antes, o clube alvinegro não tinha qualquer porcentagem do jogador e só receberia 10% do lucro de uma eventual negociação. A parte adquirida pelo Corinthians pertencia ao BMG, que deixa agora de ter qualquer relação com o destino de Paulinho.

Para completar, o volante passa a ser registrado na CBF como um jogador do Corinthians, e não mais como emprestado. Com isso, o clube tem a palavra final em qualquer transferência envolvendo o atleta, apesar de o Audax (antigo Pão de Açúcar) ser o dono de 50%.

Leia mais:  Danilo sente dor na coxa e está fora da partida contra o Flamengo

Apesar de ter prolongado o vínculo de Paulinho até 2015, a própria diretoria do Corinthians admite que dificilmente conseguirá segurar o jogador por muito tempo. Recentemente, o diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade, reconheceu que existe a possibilidade do volante ser negociado nas duas próximas janelas de transferência da Europa.

Em agosto passado, Paulinho e Corinthians recusaram uma oferta da Inter de Milão. Ao vetar a proposta, o atual campeão da Libertadores acertou com Paulinho a renovação que foi oficializada nesta terça. Ainda cobiçado pelo clube italiano, que promete uma nova investida depois do Mundial de Clubes, o meio-campista recebeu um aumento salarial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas