Tamanho do texto

No jogo deste sábado, sete dos onze titulares do Grêmio vão entrar em campo pendurados

Luxemburgo comemora o gol do Grêmio
Futura Press
Luxemburgo comemora o gol do Grêmio

Nada menos que sete dos onze titulares do Grêmio que iniciarão o confronto diante do Cruzeiro, neste sábado, estão pendurados com dois cartões amarelos: Marcelo Grohe, Naldo, Anderson Pico, Elano, Zé Roberto, Kléber e Marcelo Moreno. Mas isso não é motivo para preocupação. Segundo o técnico Vanderlei Luxemburgo, a equipe deve entrar em campo com a firmeza de sempre, sem se preocupar com uma possível suspensão por excesso de cartões amarelos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não tem que ter cuidado extra, tem é que jogar. A postura precisa ser a mesma. Não posso pedir para eles entrarem frouxos em campo. Vamos marcar firme, na bola. Se alguém tomar cartão, o que eu vou fazer? Paciência. Não posso pedir para eles tirarem o pé e aliviarem", garantiu o treinador.

Neste sentido, Luxa trouxe o exemplo do último jogo, quando Léo Gago cometeu uma falta no santista Bernardo quando este entraria cara a cara com Marcelo Grohe, no último lance da partida. O volante gremista foi expulso, mas a infração evitou a derrota. Por isso, Gago não recebeu qualquer tipo de punição interna. "É o tipo da expulsão que tem que ter. Não foi violento, faz parte do futebol. Diferente daquela do Kléber, contra o Palmeiras, que prejudicou o time", lembra.

Leia mais:  Grêmio registra os dois maiores públicos do Brasileirão 2012

O único dos titulares que deve forçar o terceiro cartão amarelo é o centroavante Marcelo Moreno. O motivo é simples: o camisa 9 foi convocado pela seleção boliviana e por isso desfalcará o Grêmio nas próximas três rodadas do Campeonato Brasileiro. Portanto, pode aproveitar a convocação para cumprir a suspensão automática e entrar zerado para as rodadas finais da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.